PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Veja quanto vale 1 kg de ouro, que pastor teria pedido em troca de verba

Reunião do ministro da Educação com prefeitos em Brasília, com a presença dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura - Reprodução/Instagram/mribeiro.mec
Reunião do ministro da Educação com prefeitos em Brasília, com a presença dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura Imagem: Reprodução/Instagram/mribeiro.mec

Do UOL, em São Paulo

23/03/2022 12h51Atualizada em 23/03/2022 16h30

O ouro ganhou evidência essa semana, mas fora do noticiário sobre investimento, depois que o prefeito de uma cidade do Maranhão afirmou que o pastor Arilton Moura, integrante de um gabinete paralelo no Ministério da Educação, pediu pagamentos em dinheiro e até em ouro em troca da liberação de recursos para construção de escolas e creches.

Mas quanto vale um quilo de ouro? A cotação atual está entre R$ 300 mil e R$ 308 mil, dependendo do tipo de negociação. Veja abaixo detalhes de preços e como investir no metal.

Quanto vale 1 kg de ouro

Há diversas formas de se comprar ouro. Entre as mais usadas por investidores e instituições financeiras está a compra de contratos negociados nas Bolsas em diferentes partes do mundo. No Brasil, a B3 tem diversos contratos que acompanham o valor do ouro no mercado mundial.

Uma característica do ouro, aliás, é ter praticamente o mesmo valor em todo o mundo e cotação em dólar.

Em contratos de ouro, são R$ 300 mil

Na B3, um contrato padrão corresponde a um lote de 250 gramas de ouro com grau de pureza de 99,99%. Esse contrato está sendo negociado atualmente a R$ 300, correspondendo a um grama. Assim, um quilo de ouro valeria atualmente ao redor de R$ 300 mil.

Em barras de ouro, são R$ 308 mil

Também é possível comprar ouro físico, em barras por exemplo, em corretoras e empresas especializadas nesse mercado. Na Ourominas, por exemplo, 100 gramas de ouro estão valendo hoje R$ 30.805. Assim, um quilo vale R$ 308.050.

Proteção

O ouro é um ativo típico de proteção, uma forma de resguardar o patrimônio em momentos de incertezas, como guerras e crises econômicas e de saúde, como a que o mundo vive atualmente, afirmam profissionais de mercado.

Primeiro a pandemia e, agora, a guerra iniciada pela Rússia ao invadir a Ucrânia são dois fatores que vêm puxando para cima a cotação do ouro em todo o mundo.

Por que ouro é reserva de valor

O ouro é considerado reserva de valor e uma forma de proteção contra incertezas por alguns motivos:

Preservação do valor ao longo do tempo: Mesmo que passe por momentos de correção, no longo prazo o ativo não perde seu valor.

Ser escasso e difícil de ser encontrado: Se um ativo é facilmente encontrado, o valor dele será baixo. Então, uma reserva de valor não pode ser algo abundante na economia ou na natureza.

Possuir liquidez: O ativo precisa ter mercado para negociação caso o seu dono queira fazer dinheiro ou fazer compras ou quitar dívidas.

Não se deteriorar com o passar do tempo: Para funcionar como reserva de valor, um ativo não pode se deteriorar ou ir sumindo ao longo dos anos.

Cuidado com a volatilidade

Embora o ouro tenha se valorizado nos últimos anos, apostar no metal de olho apenas nos ganhos não é a melhor estratégia, dizem profissionais de mercado. Isso porque o ouro tanto pode subir rapidamente, como cair rapidamente, como já aconteceu no passado.

Cotação do ouro na B3 (em gramas):

  • Março de 2017: R$ 122
  • Março de 2018: R$ 137
  • Março de 2019: R$ 155
  • Março de 2020: R$ 205
  • Março de 2021: R$ 325
  • Março de 2022: R$ 306
  • Hoje: R$ 300
  • Pico: R$ 350 (2 de novembro de 2020)

Como investir

Há basicamente três formas para o brasileiro investir em ouro.

1 - Ouro em barra: O primeiro passo é abrir conta em uma corretora autorizada pelo Banco Central e pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) a vender ouro em barras.

Depois de comprar, o investidor ainda tem que escolher se leva a barra para casa —o que é muito inseguro—, ou pagar para uma empresa fazer a custódia —o que pode custar cerca de 0,2% do valor guardado.

2 - Contratos na Bolsa: Para quem não tem tanto para investir de cara ou não quer assumir os riscos e custos de ter sua própria barra de ouro, existe a opção de comprar contratos financeiros na B3. Isso pode ser feito por meio de uma corretora credenciada pela Bolsa. Há contratos mais em conta, partindo de 0,2 grama.

3 - Fundos de investimento: A opção mais simples para alguém começar a investir em ouro são os fundos de investimento que aplicam em contratos financeiros de ouro. As aplicações podem ser feitas a partir de R$ 1.000, com taxas de administração na casa de 0,2%.