Ao VivoDireto da BolsaDireto da Redação

Cobertura de notícias sobre mercados, ações e investimentos no Brasil e no exterior

Petrobras tem lucro de R$ 4,45 bilhões no primeiro trimestre

A Petrobras (PETR3; PETR4) fechou o primeiro trimestre de 2017 com lucro de R$ 4,449 bilhões, revertendo um prejuízo de R$ 1,246 bilhão no mesmo período do ano anterior. No balanço divulgado nesta quinta-feira (11), a empresa diz que o desempenho é resultado de menores gastos com importação de petróleo, aumento de exportações e redução de despesas. Principal problema para a gestão da empresa, a dívida líquida fechou o trimestre em R$ 300,975 bilhões, queda de 5% com relação aos R$ 314,120 bilhões registrados no final de 2016, resultado principalmente da valorização do real. (Com Folha) Leia Mais

Ações da dona do Snapchat despencam 21,45%, após empresa informar prejuízo

As ações da Snap, dona do aplicativo Snapchat, fecharam esta quinta-feira em queda de 21,45%, a US$ 18,05. Os papéis despencaram após a empresa divulgar que registrou prejuízo líquido de US$ 2,21 bilhões no primeiro trimestre, em seu primeiro balanço financeiro após entrar para a Bolsa de Valores de Nova York, em março. O resultado foi impactado por uma despesa de US$ 2 bilhões com remuneração baseada em ações, relacionada ao processo de entrada na Bolsa. No entanto, questões sobre a capacidade da companhia de monetizar seu produto ainda permanecem. (Com agências)

Ações da dona do Snapchat despencam 21,45%, após empresa informar prejuízo - Lionel Bonaventure/AFP

Bolsa sobe 0,28% e tem terceira alta seguida; BB avança mais de 3%

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quinta-feira (11) em alta de 0,28%, a 67.537,62 pontos. É o terceiro avanço seguido da Bolsa, que havia subido 1,62% na véspera. Com isso, a Bolsa atinge o maior nível de fechamento desde 22 de fevereiro: 68.589,55 pontos. O resultado de hoje foi influenciado, principalmente, pelo desempenho positivo das ações do Banco do Brasil, que avançaram mais de 3% após a empresa informar que seu lucro líquido quase dobrou em relação ao mesmo período de 2016. Os papéis do Bradesco e do Itaú Unibanco também tiveram alta. Por outro lado, os papéis da mineradora Vale fecharam em queda. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar fecha em baixa de 0,73%, a R$ 3,144, na terceira queda seguida

O dólar comercial fechou esta quinta-feira (11) em queda de 0,73%, cotado a R$ 3,144 na venda. É a terceira baixa seguida da moeda norte-americana, que havia caído 0,57% na véspera. Investidores continuavam otimistas com o andamento da reforma da Previdência, após a comissão especial da Câmara dos Deputados concluir a votação da proposta. A aprovação de apenas uma das dez mudanças sugeridas ao texto fez com que o mercado enxergasse força na articulação do governo, que pode conseguir reunir mais do que os 308 votos necessários para aprovar o projeto no plenário da Casa. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,15; Bolsa avança

O dólar comercial operava em baixa e a Bolsa voltava a subir nesta quinta-feira (11). Por volta das 16h20, a moeda norte-americana perdia 0,47%, a R$ 3,152 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha alta de 0,24%, a 67.509,68 pontos. Investidores estavam otimistas em relação ao andamento das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso Nacional. Além disso, o avanço nos preços das matérias-primas, em especial o petróleo, colaborava para o otimismo do mercado. (Com Reuters)

Dona do Snapchat tem prejuízo de US$ 2,21 bi no primeiro trimestre

A Snap Inc., dona do aplicativo de troca de mensagens Snapchat, reportou um prejuízo líquido de US$ 2,21 bilhões no primeiro trimestre, contra perdas de US$ 104,6 milhões em igual período de 2016. Esse foi o primeiro balanço da empresa após entrar para a Bolsa de Valores de Nova York, em março. O resultado foi impactado por uma despesa de US$ 2 bilhões com remuneração baseada em ações, relacionada ao processo de entrada na Bolsa. (Com Valor) Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,15; Bolsa avança

O dólar comercial operava em baixa e a Bolsa voltava a subir nesta quinta-feira (11). Por volta das 15h25, a moeda norte-americana perdia 0,58%, a R$ 3,148 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha alta de 0,49%, a 67.678,36 pontos. Investidores estavam otimistas em relação ao andamento das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso Nacional. Além disso, o avanço nos preços das matérias-primas, em especial o petróleo, colaborava para o otimismo do mercado. (Com Reuters)

Maia informará na próxima semana data de votação da Previdência no plenário

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta quinta-feira (11) que informará na próxima semana a data de votação no plenário da Casa da reforma da Previdência. "Vamos construir [a data de votação]. Na próxima semana, passo para vocês", afirmou Maia, após reunião com a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia. Na véspera, o líder do governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse que a votação da reforma da Previdência no plenário da Câmara começará no final de maio. Ele evitou cravar uma data, mas disse que o objetivo do governo é concluir os dois turnos da votação antes do feriado de Corpus Christi, em 15 de junho. (Com Estadão Conteúdo) Leia Mais

Maia informará na próxima semana data de votação da Previdência no plenário - Renato Costa/Folhapress

Bolsa da Espanha cai 1,57% e tem maior perda diária em 6 meses

Das seis principais Bolsas de Valores da Europa, cinco fecharam em queda e uma ficou praticamente estável nesta quinta-feira (11). A Bolsa da Espanha teve baixa de 1,57%, a maior perda diária desde 10 de novembro (seis meses), puxada pelo desempenho negativo do setor bancário. O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,44%, a 1.550 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,52%, a 394 pontos. Veja o desempenho dos principais mercados europeus nesta sessão:

  • Inglaterra: +0,02%
  • França: -0,32%
  • Itália: -0,33%
  • Alemanha: -0,36%
  • Portugal: -0,38%
  • Espanha: -1,57% (Com Reuters)
Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,15; Bolsa avança

O dólar comercial operava em baixa e a Bolsa voltava a subir nesta quinta-feira (11). Por volta das 14h25, a moeda norte-americana perdia 0,58%, a R$ 3,148 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha alta de 0,31%, a 67.557,85 pontos. Investidores estavam otimistas em relação ao andamento das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso Nacional. Além disso, o avanço nos preços das matérias-primas, em especial o petróleo, colaborava para o otimismo do mercado. (Com Reuters)

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,15; Bolsa avança

O dólar comercial operava em baixa e a Bolsa voltava a subir nesta quinta-feira (11). Por volta das 13h20, a moeda norte-americana perdia 0,57%, a R$ 3,149 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha alta de 0,36%, a 67.590,38 pontos. Investidores estavam otimistas em relação ao andamento das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso Nacional. Além disso, o avanço nos preços das matérias-primas, em especial o petróleo, colaborava para o otimismo do mercado. (Com Reuters)

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,16; Bolsa volta a subir

O dólar comercial operava em baixa e a Bolsa voltava a subir nesta quinta-feira (11). Por volta das 12h20, a moeda norte-americana perdia 0,33%, a R$ 3,156 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha alta de 0,24%, a 67.509,52 pontos. Investidores estavam otimistas em relação ao andamento das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso Nacional. Além disso, o avanço nos preços das matérias-primas, em especial o petróleo, colaborava para o otimismo do mercado. (Com Reuters)

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,16; Bolsa passa a cair

O dólar comercial operava em baixa e a Bolsa passava a cair nesta quinta-feira (11). Por volta das 11h20, a moeda norte-americana perdia 0,27%, a R$ 3,158 na venda. No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha queda de 0,11%, a 67.272,62 pontos. O Banco do Brasil anunciou que teve lucro ajustado de R$ 2,5 bilhões no primeiro trimestre, alta de 95,6% em relação ao mesmo período de 2016. Os mercados financeiros também vão continuar na expectativa sobre o andamento das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso Nacional. (Com Reuters)

Itaú compra 49% da XP Investimentos, diz jornal; banco não confirma

O banco Itaú Unibanco concluiu nesta quinta-feira (11) a negociação para comprar 49% da XP Investimentos, principal corretora do país, publicou a colunista do jornal "O Estado de S. Paulo" Sonia Racy, sem citar fontes. Procurado pela agência de notícias Reuters, o Itaú Unibanco informou que não confirma a informação. Na véspera, a XP havia admitido que havia conversas com o Itaú sobre uma possível venda de participação. O banco também havia confirmado a negociação. (Com Reuters e Folha) Leia Mais

Dólar opera em queda, vendido perto de R$ 3,16; Bolsa sobe

A Bolsa operava em alta e o dólar comercial caía nesta quinta-feira (11). Por volta das 10h10, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subia 0,37%, a 67.599,89 pontos. No mesmo horário, a moeda norte-americana caía 0,24%, a R$ 3,159 na venda. O Banco do Brasil anunciou que teve lucro ajustado de R$ 2,5 bilhões no primeiro trimestre, alta de 95,6% em relação ao mesmo período de 2016. Na comparação com o trimestre anterior (R$ 1,75 bilhão), o lucro subiu 42,9%. Os mercados financeiros também vão continuar na expectativa sobre o andamento das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso Nacional. (Com Reuters)

Previdência começa a ser votada no fim de maio, diz líder do governo

O líder do governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) afirmou nesta quarta-feira (10) que a votação da reforma da Previdência no plenário da Casa começará no fim de maio deste ano. Ele evitou cravar um data, mas disse que o objetivo do governo é concluir os dois turnos da votação antes do feriado de Corpus Christi, em 15 de junho. A votação da reforma na comissão especial foi concluída na última terça-feira (9). Pelo regimento interno da Câmara, a proposta só pode ser votada no plenário após um prazo de duas sessões. (Com Agência Estado) Leia Mais

Grupo farmacêutico Biotoscana faz pedido para vender ações na Bovespa

O grupo farmacêutico Biotoscana Investments protocolou nesta quarta-feira (10) um pedido de registro para vender ações na Bolsa de Valores. Com sede em Luxemburgo, a Biotoscana Investments, se apresenta como maior grupo integrado latino-americano do setor, com operações no Brasil, Argentina, Colômbia, Bolívia, Chile, Equador, México, Paraguai, Peru e Uruguai. A empresa teve receita líquida de R$ 794,5 milhões em 2016, alta de 42% sobre o ano anterior. (Com Reuters) Leia Mais

Dólar abre o dia operando em queda, vendido perto de R$ 3,16

O dólar comercial abriu os negócios desta quinta-feira (11) operando em queda, após cair 0,57% na véspera. Por volta das 9h, a moeda norte-americana se desvalorizava 0,19%, a R$ 3,161 na venda. O Banco do Brasil anunciou que teve lucro ajustado de R$ 2,5 bilhões no primeiro trimestre, alta de 95,6% em relação ao mesmo período de 2016. Na comparação com o trimestre anterior (R$ 1,75 bilhão), o lucro subiu 42,9%. Os mercados financeiros também vão continuar na expectativa sobre o andamento das reformas da Previdência e trabalhista no Congresso Nacional. (Com Reuters)

Vendas no comércio caem 1,9% em março, pior resultado para o mês em 14 anos

As vendas no comércio brasileiro recuaram 1,9% em março na comparação com fevereiro, o pior resultado para mês em 14 anos. Em março de 2003, as vendas do comércio caíram 2,5% em relação ao mês anterior. Quando comparado com março de 2016, as vendas do comércio tiveram queda de 4%. O resultado foi influenciado pela redução nas vendas do setor de supermercados em meio ao cenário de desemprego alto. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (11) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A expectativa em pesquisa da agência de notícias Reuters era de queda de 0,6% na comparação mensal e de 1,8% sobre um ano antes. (Com Reuters) Leia Mais

Governo publica decreto com novas regras para contratos de concessão de portos

O governo federal publicou nesta quinta-feira (11) decreto com novas regras para contratos portuários que ampliam de 25 para 35 anos os prazos de concessão e arrendamentos, com a expectativa de que a medida poderá gerar investimentos de cerca de R$ 25 bilhões no setor nos próximos anos. O decreto 9.048 estabelece ainda que os contratos firmados após 1993 que trazem possibilidade de prorrogações mas que ainda não foram realizadas poderão ter prazo ampliado de forma antecipada, a depender de "critério do poder concedente". Na véspera, ministro dos transportes, Maurício Quintella, afirmou em cerimônia de assinatura do decreto que o governo pretende agilizar processos burocráticos para a análise de novos arrendamentos, reduzindo os prazos de análise de até três anos para até 180 dias. (Com Reuters)

Governo sobe tarifas de embarque dos aeroportos de Galeão e Confins

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) aumentou tarifas do contrato de concessão dos aeroportos do Galeão, no Rio de Janeiro, e de Confins, em Minas Gerais, segundo publicou nesta quinta-feira (11) o Diário Oficial da União. As tarifas do Galeão subiram entre 4,08% e 5,75%, enquanto as de Confins foram aumentadas de 4,08% a 4,7%. As tarifas de embarque, por exemplo, no Galeão, passaram a R$ 29,41 para voos domésticos e a R$ 52,09 no caso dos voos internacionais. Em Confins, os valores passaram a R$ 29,13 e R$ 51,58 respectivamente. (Com Reuters)

Bolsas da Ásia fecham em alta; mercado ganha 0,3% na China

As Bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam em alta nesta quinta-feira (11), com o avanço nos preços de petróleo elevando as ações do setor de energia. O mercado ganhou 0,29% na China, com expectativas de que o banco central injete recursos no mercado por meio de empréstimos de médio prazo. Veja as variações dos mercados da região:

  • Japão: +0,31%
  • Hong Kong: +0,44%
  • China: +0,29%
  • Coreia do Sul: +1,16%
  • Cingapura: +0,65%
  • Austrália: +0,05%. (Com Reuters)
  Leia Mais

Lucro ajustado do BB quase dobra em um ano, a R$ 2,5 bilhões

O Banco do Brasil anunciou nesta quinta-feira (11) que teve lucro ajustado de R$ 2,5 bilhões no primeiro trimestre, alta de 95,6% em relação ao mesmo período de 2016. Na comparação com o trimestre anterior (R$ 1,75 bilhão), o lucro subiu 42,9%. Em termos líquidos, o lucro de janeiro a março totalizou R$ 2,44 bilhões, alta de 3,6% no comparativo ano a ano. A instituição lançou em dezembro uma agressiva campanha de cortes de custos e fechamento de agências. As despesas operacionais caíram 9,9% em relação ao quarto trimestre de 2016, para R$ 12,85 bilhões. Na comparação anual, houve alta de 0,3%. (Com Reuters)  Leia Mais

Conversor de moedas

Resultado:

Cursos Online
UOL Cursos Online

Câmbio

Dólar comercial - 03/11/2020 17h00
Compra Venda Variação
Dólar com. 5,7600 5,7609 +0,39%
Dólar tur. 5,7200 6,0700 +0,17%
Euro 6,7287 6,7303 +0,67%
Libra 7,4871 7,4888 +0,92%
Pesos arg. 0,0728 0,0729 -0,14%

Fonte Thompson Reuters

Veja outras cotações

Bolsas de Valores

Bovespa - 03/11/2020 18h55 - 96.318,76
Variação
Brasil | Bovespa +2,52%
EUA | Nasdaq +2.56%
França | CAC 40 +2.44%
Japão | Nikkei +1.82%

Fonte Thompson Reuters

Veja outras cotações

Ações em destaque

Ação Variação Cotação
Veja outras cotações

Commodities

Venda Variação
Petróleo (Brent) US$ 37,530 0,0%
Ouro US$ 1907,550 +0,62%
Prata US$ 24,170 +0,42%
Platina US$ 875,555 +1,02%
Paládio US$ 2302,003 +3,28%

Fonte Thompson Reuters

Inflação

Índice Mês Valor
IPCA jul.18 +0,33%
IPC-Fipe jul.18 +0,23%
IGP-M jul.18 +0,51%
INPC jul.18 +0,25%

Fonte Thompson Reuters

Indicadores

Valor Atualização
Salário Mínimo R$ 954,00 2018
Global 40 +112,32% 17.Mar.2020
TR 0,0% 17.Mar.2020
CDI +1,9% 03.Nov.2020
SELIC +6,5% 01.ago.2018
IPCA +0,33% jul.18

Fonte Thompson Reuters

Últimas notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos