PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Você domina o assunto, mas não fala coisa com coisa numa reunião? Resolva

Reinaldo Polito

Autor de 31 livros que venderam mais de 1 milhão de exemplares, dá dicas de expressão verbal para turbinar sua carreira.

29/05/2018 04h00Atualizada em 28/08/2018 20h47

Talvez dê para contar nos dedos as atividades que podem ser exercidas por pessoas que não possuem boa comunicação. Quando um profissional se apresenta em público, falando ou escrevendo, não é apenas a sua reputação que está em jogo, mas também, e quase sempre, de maneira especial, a imagem da empresa que ele representa.

Para ajudá-lo a refletir sobre esse tema, gravei um pequeno vídeo comentando sobre a importância de falar bem na empresa. Analise essas considerações, avalie sua capacidade de comunicação e veja o que ainda precisa fazer para que possa se expressar ainda com mais competência.

Não é raro pessoas me dizerem que, ao participarem das reuniões da empresa, acabam prejudicando sua imagem profissional por causa da comunicação. Reclamam que não sabem como usar a voz, pois ora falam baixo demais, ora perdem o controle por causa do nervosismo e falam alto demais. Suas frases saem truncadas, sem sequência lógica, quase incompreensíveis. Não sabem o que fazer com as mãos nem para onde devem olhar.

Por causa do descontrole emocional provocado pela insegurança que sentem ao falar em público, de vez em quando se destemperam, e, em vez de discutirem as ideias, se tornam agressivas, criando clima ruim e passando a imagem de que não sabem como se comportar sob pressão. Por isso, muitas vezes preferem ficar quietas e não externar suas opiniões.

A reclamação é recorrente: Polito, embora eu seja bom profissional e domine completamente minha área de atuação, por causa do meu comportamento nas reuniões chego a passar imagem de alguém despreparado. Alguns colegas de trabalho, entretanto, com muito menos preparo, por se comunicarem com mais desenvoltura, acabam se sobressaindo. Ou seja, só o conhecimento técnico, de maneira geral, não basta para a ascensão profissional - é preciso saber falar bem.

Warren Buffett, um dos homens mais ricos do mundo, famoso pela sua habilidade em realizar investimentos bem-sucedidos, ao ministrar uma de suas raras palestras fez um alerta importante aos executivos: “A importância da comunicação não está sendo devidamente enfatizada nas escolas de negócios”. E complementou com um conselho de quem sabe o que está dizendo: “Invistam na comunicação escrita e oral”.

Lee Iacocca, um dos mais renomados gestores do mundo corporativo em todos os tempos, no livro “Iacocca – uma autobiografia”, além de revelar como o aprendizado da arte de falar em público foi fundamental para o seu sucesso, em várias passagens mostra como falar e escrever bem é importante para a carreira e os negócios:

“Aprenda a se comunicar. Desenvolva sua capacidade de escrever, aprenda a se expressar por escrito. Amplie seu vocabulário e depois inclua essas palavras em discursos de improviso, assim irá desenvolver sua habilidade oratória e aprenderá a pensar por si mesmo”.

Em outra passagem afirma: “Quando atingir um posto muito alto na organização ou com a sua própria empresa, não se esqueça das pessoas que o ajudaram a chegar à posição que chegou. Não se veja como alguém superior. A capacidade de comunicação é tudo”.

Chama a atenção também para a importância de saber argumentar: “Você pode ter ideias brilhantes, mas se não tiver capacidade de persuasão, apenas sua inteligência não o ajudará”.

E, para encerrar, deixa conselhos relevantes sobre a dedicação que devemos ter com o preparo: “Não apareça na frente dos clientes sem ter ensaiado com cuidado o que você vai dizer”. “É importante dedicar um tempo na elaboração de uma apresentação espetacular”.

Um dos maiores motivos que levam as pessoas ao meu curso de Expressão Verbal é a necessidade de desenvolvimento profissional. Percebem que, se não aprimorarem essa competência, sua carreira poderá ser prejudicada. Sabem que a comunicação defeituosa impedirá o crescimento profissional e poderá até interferir de forma negativa no que já haviam conquistado.

Em muitos casos vale tanto, ou até mais, a habilidade de se expressar bem em público que o próprio preparo acadêmico. Por isso, estabeleça como meta relevante para o crescimento da sua carreira o aperfeiçoamento da comunicação. Quanto mais articulado e confiante você se apresentar, melhores serão suas chances de ser vitorioso como profissional.

Superdicas da semana:

  • Invista no desenvolvimento da comunicação
  • Quanto mais você crescer na hierarquia mais competente deverá ser sua comunicação
  • Não permita que os menos competentes se projetem mais que você por causa da oratória
  • Não importa suas dificuldades para falar em público, saiba que poderá superar esses obstáculos

Livros de minha autoria que ajudam a refletir sobre esse tema: "29 Minutos para Falar Bem em Público", publicado pela Editora Sextante. "As Melhores Decisões não Seguem a Maioria", “Oratória para advogados”, "Assim é que se Fala", "Conquistar e Influenciar para se Dar Bem com as Pessoas", “Superdicas para escrever uma redação nota 1.000 no Enem” e "Como Falar Corretamente e sem Inibições", publicados pela Editora Saraiva. “Oratória para líderes religiosos”, publicado pela Editora Planeta.

Siga no Instagram - @reinaldo_polito
Siga pelo Facebook - facebook.com/reinaldopolito
Pergunte para saber mais contatos@polito.com.br

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL