PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Econoweek

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Como o equilíbrio emocional pode ajudar as finanças

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone é economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

04/03/2021 04h00

Bruna Villegas, publicitária de formação, largou o mundo corporativo para vestir a alma e viver o seu propósito: dar aulas de Yoga com o projeto Vestindo a Alma e ajudar outras pessoas a encontrar um equilíbrio emocional. A jovem de 35 anos garante: "Incluir Yoga na sua rotina melhora a ansiedade".

A ansiedade está ligada a não viver o presente. A pessoa se prende em um ciclo de reviver o passado ou projetar o futuro, mas não consegue ter a concentração no que vive hoje.

E isso atrapalha vários aspectos da vida da pessoa, inclusive a área financeira. Neste momento de pandemia, este sentimento foi intensificado com muitas pessoas tendo receio de perder o emprego, perder renda e não dar conta dos boletos.

Uma pesquisa do C6 Bank mostrou que durante a pandemia 67% dos brasileiros sentiram estresse devido a questões financeiras. A preocupação pode ser explicada porque 58% dos entrevistados tiveram a renda familiar reduzida.

No vídeo acima, converso com Bruna sobre a mudança profissional pela qual ela passou e como incorporar práticas de Yoga pode ajudar no dia a dia, mesmo no de quem mora em grandes cidades.

Você se sentiu mais ansioso com a pandemia? Responda abaixo ou no nosso canal no YouTube ou no Instagram.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL