PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Econoweek

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mercado um absurdo? 20 dicas para economizar na conta

Conteúdo exclusivo para assinantes
Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone

Yolanda Fordelone é economista e jornalista, teve passagens por grandes jornais nas áreas de economia e finanças, foi professora em um curso de graduação em Economia e hoje coordena uma equipe em um aplicativo de gestão financeira. Além disso, se dedica às finanças pessoais no Econoweek.

14/12/2021 07h00

Nos últimos meses, a vida do brasileiro passou a ser reclamar de duas coisas: preço da gasolina e da comida. Sempre falamos nesta coluna sobre investir, mas e se não sobra dinheiro?

Depois desta coluna irá sobrar. Separei 20 dicas práticas para economizar no mercado. Se seguir parte delas já conseguirá fazer uma bela economia.

1. Não vá às compras com fome

Fome combina com comida, mas não com compras. Comprar alimentos com fome aumenta a chance de querer levar mais coisas do que programou inicialmente. Além disso, bate a ansiedade de ir embora logo para comer, o que faz você não comparar direito os produtos e tomar as piores escolhas.

2. Não vá com muito tempo ao mercado

Já reparou que os mercados não têm relógios nas paredes? É uma estratégia de marketing para você não perceber o tempo passando. Se ficar muito tempo no local, a tendência é comprar mais.

3. Não vá com pressa ao mercado

A pressa é inimiga da perfeição, inclusive nas compras. Isso faz com que o consumidor não compare os produtos. O resultado é levar o mais caro, não fazer conta, levar o que não está na lista, entre outros. É um verdadeiro desastre para o bolso.

4. Saiba quanto gasta com comida

Neste ano, todo mundo percebeu a alta de preços no mercado, mas o que muita gente não sabe ainda é o quanto gasta com mercado e comida. Acredite: quando a pessoa organiza uma planilha é um dos itens que mais assusta. Faça essa conta anotando os gastos, usando um aplicativo ou um cartão de crédito para concentrar as despesas, desde que se organize para pagá-lo.

5. Compre pacote ao invés de individual

Em geral, itens vendidos em pacote costumam ser mais baratos quando você faz a conta do preço individual. Mesmo que tenha de congelar parte do pacote para comer depois, costuma ser mais barato do que comprar individualmente.

6. Faça conta do quilo ou litro

Se a embalagem tem tamanhos diferentes, faça a conta. Tem embalagem de 250 gramas e outra de 300 gramas? Precisa comparar colocando na mesma unidade: por de em quilograma ou em quilo, por exemplo. Em outra coluna ensinamos como fazer o cálculo.

7. Vá à feira, de preferência no fim dela

Outra dica para economizar com comida é substituir o lugar onde você compra. Ao ir à feira, às vezes, no fim dela, realmente os itens ficam bem mais baratos. No vídeo acima mostramos um exemplo.

8. Saiba dos dias de promoções dos mercados

Mesmo se você resolver comprar no mercado, pelo menos fique sabendo os dias de promoções de cada tipo de item. Geralmente os mercados fazem o dia de promoção de hortifrúti, dia da carne, etc.

9. Acompanhe as redes sociais dos mercados

Se fizer isso, vai ficar sabendo de promoções específicas que podem valer a pena.

10. Faça lista

Isso evita que você compre coisas desnecessárias.

11. Confira a geladeira e o armário antes de ir às compras

Isso evita que você compre o que já tem em casa ou então se esqueça de algo importante. Já reparou que quando esquecemos de algo e temos de voltar ao mercado sempre acabamos comprando algo a mais?

12. Troque marcas

Experimentar marcas próprias do mercado e marcas diferentes pode surpreender você positivamente.

13. Experimente alimentos diferentes

É a velha história de aproveitar as frutas da estação. Eu, Yo, outro dia me deparei com uma promoção de abóbora. Joguei na internet e descobri uma receita de purê.
A lição é tentar se arriscar em receitas novas que levem itens mais baratos, aqueles que podem estar em promoção. A internet ajuda muito!

14. Para itens mais perecíveis, monte cardápio da semana

Com planejamento das refeições, você não desperdiça. Não vai comprar a mais a ponto de o alimento acabar estragando.

15. Confira a validade

É outra atitude que faz você evitar desperdício. Tem até mercado que coloca itens com validade próxima em promoção. Você pode ficar de olho, desde que tenha um planejamento das refeições para usá-los rapidinho.

16. Compre itens no atacado

Avalie se vale a pena comprar no atacado, principalmente itens de higiene e limpeza. Neste ano, fiz uma compra anual para esses itens e paguei bem mais barato por isso.

17. Considere programa fidelidade dos supermercados

Vale a pena comparar preços entre mercados, mas se perceber que compra sempre no mesmo a fidelidade pode valer a pena porque há descontos para clientes cadastrados.

18. Organize a rotina para entender quantas vezes precisa ir ao mercado

Não há uma periodicidade certa, mas estudos apontam que ir apenas uma vez ao mês pode não ser bom porque muita coisa perecível estraga. Ao mesmo tempo, se sempre que faltar algo, como óleo, for às compras, vai gastar mais porque em geral pegamos algo fora da lista.

19. Cuidado com o preço do caixa

Como sempre há remarcação de preços, fique de olho se o preço do caixa é o mesmo da prateleira. Não tenha vergonha de pedir a correção caso esteja diferente.

20. Utilize os benefícios dos cartões

Há cartões de crédito com cashback e com descontos em parceiros. O ruim não é comprar no cartão de crédito, mas sim não pagá-lo. Entenda qual o benefício do seu cartão e utilize-o nas compras.

Quais dicas desta lista você já experimentou? Comente aqui embaixo ou no Instagram e YouTube. Tem alguma outra sugestão para as compras do mercado das quais não falei?

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL