Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em alta de 0,56%; Petrobras e Vale sobem mais de 3%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta terça-feira (5) em alta de 0,56%, a 49.053,61 pontos.

Na véspera, a Bolsa havia caído 3,52%. No ano, a Bovespa acumula valorização de 13,16%.

A alta de hoje foi puxada, principalmente, pelo desempenho positivo das ações da Petrobras e da mineradora Vale, que subiram mais de 3%. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Petrobras ganha 3,30%

As ações preferenciais da Petrobras (PETR4), que dão prioridade na distribuição de dividendos, subiram 3,30%, a R$ 7,83.

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3), com direito a voto em assembleia, ganharam 2,29%, a R$ 9,82.

Nos EUA, os ADRs (recibos que representam ações de uma empresa estrangeira na Bolsa de Nova York) da petroleira tiveram alta de 0,38% (PBR). Os recibos PBR/A, referentes às ações preferenciais, avançaram 1,20%.

Os papéis da estatal haviam despencado mais de 9% na véspera em meio a rumores de que seria anunciado corte no preço da gasolina e do diesel. No entanto, no final da tarde, o presidente da estatal, Aldemir Bendine, disse em carta que não há decisão sobre redução dos preços dos combustíveis.

Vale avança 3,38%

As ações ordinárias da Vale (VALE3) se valorizaram 3,38%, a R$ 15,29, enquanto as ações preferenciais da Vale (VALE5) subiram 3,27%, a R$ 11,68.

Na véspera, a mineradora anunciou que vendeu sua participação na CSA (Companhia Siderúrgia do Atlântico) para o grupo alemão Thyssenkrupp por um "preço simbólico".

Bradesco e Itaú sobem; BB cai

Entre os bancos, as ações do Bradesco (BBDC4) avançaram 0,56%, a R$ 26,72, e as ações do Itaú Unibanco (ITUB4) ganharam 0,20%, a R$ 30,37.

No sentido oposto, as ações do Banco do Brasil (BBAS3) recuaram 1,61%, a R$ 18,35.

Dólar cai 1,86%, a R$ 3,681

No mercado de câmbio, o dólar fechou em alta de 1,86%, cotado a R$ 3,681 na venda, no segundo avanço seguido. É o maior valor de fechamento desde 24 de março, quando o dólar também havia fechado a R$ 3,681.

Na véspera, o dólar havia subido 1,43%. A moeda ainda acumula desvalorização de 6,76% no ano.

Bolsas internacionais

As principais Bolsas de Valores da Europa fecharam em queda acentuada.

  • Itália: -3%
  • Alemanha: -2,63%
  • Espanha: -2,44%
  • França: -2,18%
  • Portugal: -2,07%
  • Inglaterra: -1,19%

As Bolsas da Ásia e do Pacífico também terminaram o dia em baixa, exceto a Bolsa da China, que registrou alta.

  • China: +1,46%
  • Coreia do Sul: -0,82%
  • Cingapura: -1,21%
  • Austrália: -1,42%
  • Hong Kong: -1,57%
  • Japão: -2,42%
  • Taiwan não operou

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos