IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Cotações


Dólar cai e fecha a R$ 3,867, com alívio sobre Turquia; Bolsa sobe 1,43%

Do UOL, em São Paulo

14/08/2018 17h07Atualizada em 14/08/2018 17h22

O dólar comercial fechou esta terça-feira (14) em queda de 0,78%, cotado a R$ 3,867 na venda, após três altas seguidas. Na véspera, a moeda norte-americana subiu e atingiu R$ 3,897, maior valor de fechamento em mais de um mês.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 1,43%, a 78.602,11 pontos. É o segundo avanço seguido da Bolsa, que subiu 1,28% na véspera.

Leia também:

Bancos e Vale sobem

Entre os destaques da Bolsa, as ações do Banco do Brasil (+3,45%), do Itaú Unibanco (+2,07%), do Bradesco (+1,7%) e da mineradora Vale (+0,92%) fecharam em alta. Por outro lado, os papéis da Petrobras (-0,4%) tiveram queda. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Tensões entre EUA e Turquia

Investidores estavam hoje um pouco aliviados com uma possível trégua nas tensões entre Estados Unidos e Turquia. Na véspera, o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, John Bolton, reuniu-se com o embaixador da Turquia nos EUA para discutir a detenção do pastor norte-americano Andrew Brunson, informou a Casa Branca.

Também trazia mais alívio o anúncio do banco central turco, que se comprometeu a fornecer liquidez aos mercados, e do ministro das Finanças do país, Berat Albayrak, que disse que vai realizar uma teleconferência com investidores na quinta-feira (16) --a primeira desde que assumiu o cargo, há quase dois meses.

    No Brasil, investidores acompanhavam a cena eleitoral, um dia antes do término do prazo para registro das candidaturas das chapas à Presidência da República.

    Leia mais sobre a crise na Turquia e seus potenciais impactos em outros países:

    (Com Reuters)

    Moeda turca tem a maior queda da história em relação ao dólar

    redetv

    Cotações