PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Cotações

Dólar sobe a R$ 5,266, maior valor desde fevereiro; Bolsa cai

Dólar fechou a R$ 5,266; Bolsa teve queda - Getty Images
Dólar fechou a R$ 5,266; Bolsa teve queda Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo*

28/06/2022 17h22Atualizada em 28/06/2022 17h26

O dólar comercial voltou a subir hoje, com avanço de 0,60%, cotado a R$ 5,266 na venda —esse é o maior valor de fechamento da moeda desde 4 de fevereiro (R$ 5,322). Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), caiu 0,17% e encerrou aos 100.591,41 pontos.

A alta da moeda norte-americana é resultado da piora no sentimento dos mercados internacionais e da persistência de temores fiscais nos Estados Unidos.

Apesar da perda do Ibovespa, investidores estão otimistas com a decisão da China de flexibilizar alguns requisitos de quarentena contra a covid-19, o que reforça expectativas de retomada do crescimento global.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Receio de recessão e efeitos da PEC

O Conference Board dos Estados Unidos disse nesta terça-feira que seu índice de confiança do consumidor caiu 4,5 pontos em junho, para leitura de 98,7, o que renovou temores de uma recessão na maior economia do mundo.

Enquanto isso, no Brasil, investidores demonstraram receio sobre o futuro das contas públicas em meio à tramitação no Congresso de uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que pretende destinar recursos para a ampliação de benefícios como o Auxílio Brasil e o vale-gás, bem como para a criação de um chamado "voucher caminhoneiro".

A iniciativa da PEC dos Combustíveis, como é chamada, ocorre a menos de quatro meses das eleições e busca conter os efeitos da inflação sobre a população.

*Com Reuters

Cotações