ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Empreendedorismo

Nova Zelândia é o país mais fácil para abrir empresa; Brasil fica em 123º

Andréia Martins

Do UOL, em São Paulo

04/09/2014 06h00

A Nova Zelândia é o país onde é mais fácil abrir um negócio dentre 189 economias estudadas pelo Banco Mundial. Lá, empreendedores são capazes de abrir uma empresa em menos de um dia, segundo o relatório "Doing Business 2014" (Fazendo Negócios, em português). 

No Brasil, são necessários 107,5 dias para criar uma empresa, o que coloca o país na 123ª posição do ranking. Além disso, é preciso quatro anos para resolver casos de insolvência (quando a empresa encerra as atividades com dívida) e há 14 procedimentos para registrar uma propriedade num prazo de 30 dias.

A Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República promete para novembro um sistema online que permitirá a abertura de empresas em até cinco dias.

Confira abaixo os dez países em que é mais fácil abrir uma empresa. A classificação do Banco Mundial leva em consideração o número de procedimentos necessários para abrir um negócio, o tempo que eles levam e a dificuldade para fazê-los.

Ranking mostra onde é mais fácil abrir uma empresa

  • Alastair Grant/AP

    Nova Zelândia

    O país onde a palavra burocracia parece ser coisa de outro mundo figura no topo da lista pelo segundo ano seguido. Lá, o empreendedor que quer abrir um negócio precisa apenas submeter o registro da empresa no site "Companies Office". O processo pode ser concluído no mesmo dia

  • Divulgação

    Canadá

    Os canadenses também não têm muitos problemas para abrir seu negócio. É necessário fazer o registro federal e municipal do negócio, procedimento que leva cinco dias. Por outro lado, o país é o 19º no quesito "facilidade para fazer negócios" e, entre 2013 e 2014, registrou queda no ranking de liberação de crédito e registro de propriedade

  • REUTERS/Vivek Prakash

    Cingapura

    Lá são necessários três procedimentos para abrir um negócio num prazo de dois dias e meio. Basta fazer um registro online, obter o selo da companhia e efetuar o cadastro em uma agência de seguros credenciada para registrar os funcionários. O país é o 1º no ranking de onde é mais fácil fazer negócios

  • Eduardo Vessoni/UOL

    Austrália

    Para abrir um negócio no país, bastam dois dias e meio. O empreendedor precisa realizar três procedimentos: registro da companhia online, registro online no órgão responsável por emitir taxas e impostos, e assinatura do seguro social dos funcionários em uma agência credenciada

  • Eduardo Vessoni/UOL

    Hong Kong

    Em Hong Kong, são necessários três procedimentos para abrir um negócio. É possível fazer isso em dois dias e meio. As etapas consistem em escolher um nome para o negócio e retirar o certificado de incorporação; assinar o seguro dos funcionários em uma empresa privada ou banco; e criar um selo corporativo para a empresa

  • Misha Japaridze/AP Photo

    Armênia

    São necessários dois procedimentos para abrir um negócio: registro online e solicitação do selo da empresa, o que vai permitir seu funcionamento. Leva quatro dias. De 2013 para 2014, o país subiu quatro posições nessa lista. No ranking dos países mais fáceis para fazer negócio, o país ocupa a 37ª posição

  • Georgi Licovski/Epa/Efe

    Macedônia

    Quem quiser abrir um negócio no país precisa fazer dois procedimentos, que levam dois dias. Trata-se do registro da escritura da empresa e estatutos do contrato, seguido do cadastro na Central de Registros, para obter o selo da empresa. O país também está bem colocado em outros indicadores do relatório, como no acesso a crédito (3º) e na proteção a investidores (16º)

  • Shakh  Aivazov/AP

    Geórgia

    Para abrir uma empresa, basta fazer o cadastro online da companhia (ele vai gerar um número de identificação e um certificado estadual para cobrança de tarifas) e abrir uma conta bancária. Os dois procedimentos levam apenas dois dias

  • Fabíola Ortiz/Folhapress

    Ruanda

    Para abrir uma empresa, o país africano exige dois procedimentos. O primeiro é o pagamento do registro da empresa, e o segundo é conferir e confirmar o registro, o que vai gerar um certificado do negócio. O prazo? Dois dias para resolver tudo

  • Divulgação

    Azerbaijão

    Embora seja o 70º no ranking de países onde é mais fácil fazer negócio, no quesito abrir empresa o país ocupa uma boa posição. Lá, o empresário precisa cumprir três procedimentos: registro eletrônico, confirmação do registro que gera o número de identificação da empresa, e obtenção do selo corporativo. O sinal verde para dar andamento ao negócio leva, no máximo, sete dias

  • Eraldo Peres/ AP

    Brasil

    Por aqui são necessários 13 procedimentos para começar um negócio. O tempo para que todos sejam resolvidos é de 107,5 dias. Do total de procedimentos, 12 levam de um a sete dias. No entanto, um único leva 90 dias. Trata-se da obtenção do auto de licença de funcionamento no município

O relatório é feito pelo Banco Mundial desde 2002 e avalia 11 áreas da vida de um pequeno empresário: começar um negócio, lidar com alvarás de construção, obter eletricidade, registrar a propriedade, obter crédito, proteger investidores, pagar impostos, negociar no exterior, cumprir contratos, solucionar uma insolvência e empregar trabalhadores.

O ranking completo pode ser consultado no link: http://zip.net/bppsvf 

Mais Empreendedorismo