PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

Latam encerra marca de agência de viagem; franqueados ameaçam ir à Justiça

Claudia Varella

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/01/2020 12h37Atualizada em 08/01/2020 18h18

Resumo da notícia

  • Serão fechadas 99 franqueadas pelo país
  • Latam permite que franqueados continuem trabalhando como Latam Travel até fim do contrato
  • Ou associem-se à Agaxtur, nova parceira da aérea, assinando novo contrato
  • Franqueados reclamam de informações pouco transparentes e de pressão para assinar com a Agaxtur
  • Latam diz que cumpre contratos e dá apoio aos franqueados

Em novembro do ano passado, a Latam anunciou o encerramento de sua marca de rede de franquias de agências de viagem, composta por uma unidade própria em São Paulo, que seria mantida, e 99 franqueadas pelo país, que seriam fechadas. Os franqueados reclamaram de desrespeito e falta de transparência e, agora, a briga pode ir parar na Justiça.

Segundo a Latam, a mudança "não afeta a operação da empresa em outros países e não impactará as viagens e os serviços já adquiridos pelos clientes". Os franqueados, porém, afirmam que os clientes "também estão sendo prejudicados".

O que a Latam Travel propôs aos franqueados

Segundo a empresa, os franqueados poderiam escolher entre duas opções:

  1. Continuar trabalhando como Latam Travel até o final do contrato original de cada franqueado;
  2. Ou associar-se à Agaxtur, nova parceira da Latam, assinando contrato diretamente com a operadora.

O que dizem os franqueados

Apesar de oficialmente haver a possibilidade de escolha, haveria "pressão sobre os franqueados para que optem logo pela Agaxtur", segundo Fábio Rosa, franqueado da Latam Travel em São Paulo e vice-presidente da Associação dos Franqueados Latam Travel (AFFT). "Estamos inseguros com essa situação", afirmou.

Em nota, a Associação dos Franqueados Latam Travel afirmou que a companhia não ofereceu informações transparentes sobre "os termos das tratativas com a Agaxtur" e que não está dando condições "para que as franquias possam operar de forma plena, incluindo condições comerciais e acesso a fornecedores e agentes que precisam voltar imediatamente a operar com a rede franqueada".

A empresa teria ignorado "todos os esforços empreendidos por anos e anos pelos franqueados na consolidação da marca Latam Travel no mercado", segundo Gustavo Karman, presidente da entidade.

O que diz a Latam Travel

Em nota, a Latam disse que "sempre cumpriu e continuará a cumprir com todos os termos de seus contratos e que segue oferecendo suporte à sua rede de franquias, permanecendo em contato direto para esclarecer dúvidas e, caso assim optem os franqueados, avançar no processo estruturado de transição."

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Latam pinta avião com stormtrooper da saga Star Wars

UOL Notícias

Empreendedorismo