Topo

Finanças pessoais


XP limita renda fixa? Veja corretoras que permitem aplicar a partir de R$ 1

Téo Takar

Do UOL, em São Paulo

2019-02-18T04:00:00

2019-02-18T15:37:13

18/02/2019 04h00Atualizada em 18/02/2019 15h37

Enquanto o grupo XP aumentou para R$ 30 mil o valor mínimo para investir em seus produtos de renda fixa, diversas corretoras e plataformas de investimento online vêm reduzindo o valor de entrada de seus produtos financeiros. O objetivo é atrair principalmente pequenos investidores que ainda mantêm suas economias na poupança.

É possível encontrar títulos de renda fixa com aplicação a partir de R$ 1, como os CDBs, LCAs e LCIs do Sofisa Direto, e fundos de investimento a partir de R$ 10, como o Referenciado DI da Genial Investimentos. Porém, a maioria das corretoras exige aporte mínimo de R$ 1.000 em seus produtos. 

Veja abaixo algumas corretoras e plataformas de investimento e o valor mínimo para aplicar em produtos de renda fixa. As instituições estão listadas por ordem alfabética.

- BTG Pactual

  • R$ 100 - Fundos de investimento
  • R$ 1.000 - CDB, LCA e debêntures

- Easynvest

  • R$ 100 - Fundos de investimento
  • R$ 1.000 - CDB, LCA, LCI, CRI, CRA, COE e debêntures

- Genial

  • R$ 10 - Fundos de investimento
  • R$ 1.000 - CDB
  • R$ 5.000 - LCA

- Inter

  • R$ 100 - CDB, LCA, LCI e fundos de investimento
  • R$ 10 mil - CRA e CRI

- Mirae Asset

  • R$ 1.000 - CDB e fundos de investimento
  • R$ 5.000 - LCA e LCI
  • R$ 10 mil - CRA e CRI

- Modalmais

  • R$ 100 - Fundos de investimento
  • R$ 1.000 - CDB, LCA e LCI

- Necton

  • R$ 100 - Fundos de investimento
  • R$ 5.000 - COE
  • R$ 10 mil - CDB, LCA e LCI

- Nova Futura Investimentos

  • R$ 100 - Fundos de investimento
  • R$ 1.000 - CDB, LCA, LCA, COE e debêntures

- Órama

  • R$ 100 - Fundos de investimento
  • R$ 1.000 - CDB e LCI
  • R$ 5.000 - Debêntures

- Sofisa Direto

  • R$ 1 - CDB, LCI e LCA
  • R$ 100 - Fundos de investimento

Quase todas as instituições oferecem acesso ao Tesouro Direto, onde é possível aplicar a partir de R$ 30 em títulos públicos e sem cobrança de taxa de corretagem.

Os títulos de renda fixa disponíveis nas corretoras normalmente pagam taxas de juros mais altas do que os produtos similares oferecidos nos grandes bancos. Os fundos de investimento, por sua vez, são administrados por gestores independentes, alguns renomados no mercado. Eles rendem mais e cobram taxas de administração menores do que os fundos dos grandes bancos.

Se não sabe responder a estas 5 questões, será muito difícil ficar rico

UOL Notícias

Mais Finanças pessoais