IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

IR 2023: Pix da restituição, venda de ação e outras novidades na declaração

Do UOL, em São Paulo

01/03/2023 04h00

A declaração do Imposto de Renda 2023 tem três novidades importantes para o contribuinte.

Pix dá prioridade na restituição

Quem usar a declaração pré-preenchida ou optar por receber a restituição por Pix terá prioridade nos lotes de pagamento. A Receita Federal espera que 25% das declarações sejam feitas no modelo pré-preenchido neste ano.

Declaração pré-preenchida está mais completa

Mais informações serão importadas da declaração do ano anterior. Agora, a declaração pré-preenchida trará dados como fontes pagadoras, bens, direitos e dívidas. A importação dessas informações tem o objetivo de reduzir inconsistências e agilizar o processamento da declaração.

Muda declaração da venda de ações

Quem vendeu ações cuja soma é maior que R$ 40 mil agora precisa declarar o valor. Até o ano passado, qualquer operação de venda de ações na Bolsa obrigava o investidor a fazer a declaração do IR.

Quem precisa declarar em 2023

As principais regras de obrigatoriedade são as mesmas do ano passado. É obrigado a declarar, entre outros requisitos, quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2022. Veja as regras completas na reportagem "Imposto de Renda 2023: Quem precisa declarar?".

O Imposto de Renda é uma declaração que deve ser realizada por pessoas e empresas à Receita Federal anualmente. No documento, devem ser relatados todos os rendimentos ganhos ao longo daquele período. Por meio da declaração, o governo analisa quais tributos já foram pagos pelo contribuinte e se o declarante deve receber restituição ou pagar algum valor de acordo com a tabela preestabelecida. Veja abaixo todas as notícias e informações sobre o Imposto de Renda 2024.