PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Magalu, Santos Brasil e maior risco: veja como lidar com os investimentos

Conteúdo exclusivo para assinantes

Felipe Bevilacqua

09/03/2021 08h44

Muitos investidores devem estar se perguntando agora: qual a melhor decisão a tomar quando o risco cresce no mercado?

No mundo das finanças, muitas vezes, não fazer nada é a melhor atitude a ser tomada. E é exatamente esse o caso agora.

Em um momento como o que vivemos, em que uma situação nova se reflete no preço das ações e do dólar quase que instantaneamente, a melhor coisa a fazer é esperar. Qualquer decisão agora, pode se revelar precipitada.

O UOL Economia tem uma área exclusiva para quem quer investir seu dinheiro de maneira segura e lucrar mais do que com a poupança. Conheça!

Confira a seguir a análise de Felipe Bevilacqua, analista e sócio-fundador da casa de análise Levante Ideias de Investimento. Todos os dias, Belivacqua traz notícias e análises de empresas de capital aberto para você tomar as melhores decisões de investimentos. Este conteúdo é exclusivo para os leitores de UOL Economia+. Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

O vai-e-vem, o sobe e desce do mercado... Isso é normal.

A pergunta certa a ser feita é: o fato que causou a oscilação vai gerar mudança nos fundamentos e no cenário econômico no médio e longo prazo?

Se a resposta for sim, é preciso ajustar a carteira. Se for não, segue o jogo.

A seguir, analiso dois resultados que só reforçam o cenário de bons números apresentados pelas empresas.

Resultado do Magazine Luiza (MGLU3)

Os resultados do último trimestre 2020 apresentados pelo Magazine Luiza (MGLU3) após o fechamento do mercado nesta segunda-feira, 8, vieram bons, porém em linha com o que era esperado, considerando o crescimento forte apresentado ao longo dos últimos trimestres.

Os principais destaques positivos foram: i) crescimento forte de vendas em todos os canais, em especial no físico e no varejo digital, e ii) taxa de crescimento das vendas online três vezes superior ao do mercado, o que significa ganhos de participação (market share).

Não houve destaques negativos. Apenas as margens apresentadas não foram tão empolgantes como o crescimento na linha de receita líquida.

Com isso, o lucro líquido ajustado foi de R$ 232 milhões no trimestre, 39,8% a mais que no mesmo período de 2019..

Apesar dos obstáculos, o Magalu segue como o principal nome do setor de e-commerce no Brasil, com a melhor logística e, em nossa visão, a estratégia de longo prazo mais interessante. Esperamos que a companhia continue a crescer.

Resultado da Santos Brasil (STBP3)

A Santos Brasil (STBP3) também divulgou seus números referentes ao quarto trimestre de 2020 na noite de segunda-feira, 8, após o fechamento do mercado. O resultado veio bom e acima das expectativas em termos de receita líquida e lucro líquido.

A retomada das importações de contêineres no terminal de Santos no quarto trimestre de 2020, gerando mais receita de cais e armazenagem.

O terminal de Santos apresentou um crescimento acentuado no volume de contêineres movimentados, com alta de 6,2% em relação ao quarto trimestre do ano anterior. No consolidado de seus 3 terminais de contêineres, a Santos Brasil apresentou um avanço de 4,4% em comparação ao mesmo período do ano anterior, somando cerca de 302,7 mil unidades no quarto trimestre de 2020.

Com isso, seu lucro líquido apresentou alta de 38,8% na comparação com o mesmo trimestre de 2019, totalizando R$ 14,3 milhões no quarto trimestre de 2020.

A companhia ainda teve seus números impulsionados por uma boa recuperação operacional baseada na retomada das cadeias de suprimentos globais. Dessa forma, é esperado um impacto positivo no preço de suas ações (STBP3) no curto prazo.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo analista Felipe Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL