IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

ANÁLISE

Bitcoin: rede congestionada e altas taxas assustam usuários

Getty Images
Imagem: Getty Images

Nicolas Meireles Nogueira

10/05/2023 04h00

Os usuários de bitcoin (BTC) têm sofrido para usar a rede nos últimos dias, por conta de congestionamento e altas taxas das transações, o que está assustando investidores que estão acostumados a realizar transferências sem grandes problemas.

O que está acontecendo com o bitcoin? Há riscos para os usuários que estão tentando fazer transações? Confira os detalhes desta história no artigo que o PagBank PagSeguro preparou para você!

Bitcoin sofre com congestionamento de transações

A blockchain do bitcoin passou por uma atualização importante em novembro de 2021: a "Taproot", que permitiu a redução do tamanho de transações complexas e, teoricamente, aumentou a eficiência da rede, conforme explicado em reportagem do Portal do Bitcoin.

Porém, um dos efeitos colaterais da atualização foi facilitar a introdução de "colecionáveis digitais" à blockchain, em um paralelo aos tokens não-fungíveis (NFTs) da rede Ethereum. Na prática, a atualização simplifica —embora isso já fosse possível— a introdução de imagens, memes e outros dados no bitcoin.

Assim, nas últimas semanas, houve uma explosão de colecionáveis na rede bitcoin: desde os mais populares, como o Ordinals, até memes colocados ali por especuladores na esperança de que seus tokens disparem em valor no futuro.

Com os tokens ocupando mais espaço na rede bitcoin do que transferências padrão, está ocorrendo um congestionamento grave: a corretora Binance suspendeu temporariamente saques em bitcoin, enquanto a blockchain chegou a registrar cerca de 500 mil transações não-confirmadas na última terça-feira (9).

Além da demora no processamento das transferências, também houve aumento expressivo nas taxas de transação: nos últimos dias, elas passaram da média de US$ 2 a US$ 4 para um pico de US$ 30, segundo dados do ycharts, com usuários pagando mais caro para ter preferência no processamento das suas ordens.

Ainda é possível operar BTC?

Quem está preocupado com a situação atual tem uma alternativa confiável: a rede Lightning do bitcoin, que é uma solução criada para facilitar pequenos pagamentos com a criptomoeda.

Por meio da Lightning, é possível transferir bitcoin de forma mais rápida e barata do que o sistema tradicional. A solução cria canais para que usuários transfiram BTC entre si sem depender da rede principal, deixando o registro da transação na blockchain ser feito posteriormente.

Atualmente, há corretoras de criptoativos integradas à Lightning, o que facilita a sua utilização por usuários e investidores. Ademais, também é possível transferir BTC diretamente para outra pessoa ou empresa por meio da rede, desde que se saiba o endereço do destinatário.

Quer se aprofundar no universo dos criptoativos? Acompanhe os artigos do PagBank PagSeguro no UOL Economia!

O UOL Economia é de propriedade do Universo Online S.A., sociedade que controla as empresas do Grupo UOL. O Grupo UOL tem em sua composição empresas que exercem atividades reguladas no setor financeiro. Apesar de o Grupo UOL estar sob controle comum, os executivos responsáveis pelo Banco Seguro S.A. são totalmente independentes e as notícias, matérias e opiniões veiculadas no portal tem como único objetivo fornecer ao público elementos a título educacional e informativo sobre o mercado e produtos financeiros, sendo baseadas em dados de conhecimento público na data de sua divulgação, conforme fontes devidamente indicadas, e condições mercadológicas externas ao Grupo UOL que podem ser alteradas a qualquer momento, mas sem constituir qualquer tipo de relatório de análise, recomendação, oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto.

Especialistas em finanças ajudam você a poupar e a escapar de erros comuns para quem quer construir um patrimônio. Tenha informações que auxiliam você a tomar decisões sobre investimentos e aproveite melhor as oportunidades disponíveis no mercado