PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Cinco bons investimentos de 2020 que não devem repetir o sucesso em 2021

Exclusivo para assinantes UOL

João José Oliveira

Do UOL, em São Paulo

29/12/2020 04h00

O desempenho dos investimentos em 2020 foi marcado pela influência da pandemia do novo coronavírus. A incerteza sobre a duração do problema provocou instabilidade nos preços dos ativos e influenciou as opções dos investidores.

Para 2021, a incerteza permanece no radar, dizem profissionais de mercado, porque as medidas de isolamento social ainda estarão presentes enquanto a vacina não for aplicada em massa. Mas o grau de dúvida tende a ser menor do que em 2020.

Além disso, os governos não devem tomar tantas medidas para atenuar os impactos econômicos do isolamento social, porque muitas medidas já desempenharam seu papel. É o caso da redução dos juros, por exemplo. Por isso, os investimentos devem se comportar de forma diferente neste novo ano.

O ano de 2020 foi fora de qualquer parâmetro. Olhando para a frente, eu diria que existe uma tendência nos investimentos que pode ser exatamente a contrária da que deu certo em 2020.
Roberto Attuch Júnior, CEO da plataforma de análises independentes Ohmresearch

Filipe Villegas, analista da Genial Investimentos, destaca que as estratégias que deram certo em 2020 começaram a entrar em prática a partir de março, justamente quando a dimensão do impacto da pandemia sobre a economia global começou a ser desenhada. "E só viramos a página após as eleições norte-americanas", disse, citando outro fator que jogou incertezas sobre 2020.