PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

As ações e os setores que mais cresceram na Bolsa no 1º ano da pandemia

Exclusivo para assinantes UOL

Camila Mendonça

Do UOL, em São Paulo

03/04/2021 04h00

A pandemia do novo coronavírus afetou negativamente a vida das pessoas e empresas. Na Bolsa de Valores, contudo, o efeito negativo não foi generalizado. Estudo realizado pelo Centro de Estudos em Finanças da FGV, com dados da Economatica, mostra que setores de commodities e indústrias apresentaram retornos positivos para os investidores entre 26 de fevereiro de 2020 e início de março deste ano.

"Esses setores cresceram muito por causa do câmbio. A receita deles cresceu em cima disso. Um segundo aspecto é que a China cresceu muito e eles foram beneficiados por esse crescimento", explica o professor da FGV e coordenador do estudo, William Eid Junior.

A mesma análise vale para as empresas. As que apresentaram bom desempenho no primeiro ano da pandemia foram as companhias de mineração e petróleo. Na lista das top 10 ainda aparecem empresas de seguro, de papel e celulose e de comércio.

Confira abaixo os setores e as empresas que contrariaram o mercado e conseguiram apresentar retornos positivos na Bolsa durante o primeiro ano da pandemia.