PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

CPI da covid, Lula e outros 3 temas que podem afetar a Bolsa hoje

Conteúdo exclusivo para assinantes

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/04/2021 04h00

Confira no Café com Mercado, do UOL Economia+, cinco temas que podem afetar a Bolsa nesta quinta-feira (15) e duas empresas que você deve ficar de olho hoje.

1) CPI da covid-19 - O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou nesta quarta-feira (14) a liminar do ministro Luís Roberto Barroso que determina ao Senado a criação de uma CPI para analisar se houve omissão do governo federal frente à pandemia de covid-19.

Os próximos dias devem ser marcados pelas movimentações para a indicação de membros e forma de atuação da equipe que fará as investigações.

2) Condenações do Lula - Na quarta-feira (14) o STF também julgou a decisão do ministro Edson Fachin sobre a anulação das condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) feitas na Justiça do Paraná.

Segundo o ministro, como o processo não estaria ligado à Petrobras, o caso deveria ser julgado pela Justiça do Distrito Federal.

O mercado deve responder ao julgamento hoje, pois representa uma alteração no cenário das eleições de 2022.

3) Serviços - O IBGE divulga hoje a atividade do setor de serviços no Brasil. O setor é um dos mais importantes para a economia do país, é o que mais gerou emprego nos últimos anos e também um dos setores que mais sofreu por conta da pandemia.

Os dados ajudam a traçar as perspectivas de curto prazo e dá uma visão de como andam as empresas do setor.

4) Balança comercial - O Icomex (Indicador de Comércio Exterior), um indicador mensal feito pela FGV, será divulgado hoje. Ele permite medir o desempenho da balança comercial brasileira e a competitividade dos produtos brasileiros no cenário internacional, sendo um importante dado na tomada de decisão dos investidores.

5) Comércio nos EUA - No mercado internacional, teremos hoje a divulgação das vendas do comércio nos EUA. O dado mostra a atividade econômica do país, além de indicar os padrões de consumo da população no último mês.

Como o Brasil abriga uma quantidade enorme de investimentos estrangeiros, essa movimentação lá pode causar reflexos aqui também.

Fique de Olho

Para o Fique de Olho de hoje, a casa de análise Recomenda Ações traz mais duas companhias que estão abaixo do preço justo na Bolsa —ou seja, com preço das ações menor do que analistas acreditam que realmente vale.

Após fortes polêmicas sobre interferência política, a Petrobras (PETR4) abre nova oportunidade para os investidores de médio prazo. Isso porque o estoque de petróleo, divulgado na quarta-feira (14), caiu 5,89 milhões de barris em comparação com a semana anterior.

Essa queda indica uma demanda maior do que a produção, elevando o preço do petróleo e beneficiando a maior estatal do Brasil.

Além dela, temos também a companhia de rodovias CCR (CCRO3), que foi na contramão das altas do Ibovespa e se manteve estável desde o estudo realizado pelos analistas da casa.

Com alguns estados liberando a retomada dos comércios, as movimentações entre cidades aumentaram, aquecendo o setor e gerando maior fluxo de negociações.

Isso abre possibilidade para a correção da defasagem do preço das ações de forma rápida, beneficiando os investidores que têm foco no curto ou médio prazo.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE