IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

PEC dos Precatórios, empregos e mais 5 temas que podem mexer com a Bolsa

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/10/2021 04h00

O dia pode ser movimentado para o mercado nesta terça (26). Veja no Café com Mercado, do UOL, sete assuntos que podem movimentar a Bolsa hoje.

1. PEC dos Precatórios - Nesta terça-feira (26), a Câmara dos Deputados deve votar a PEC dos Precatórios, que possibilita o parcelamento dos precatórios e muda o cálculo do teto de gastos para viabilizar o pagamento do Auxílio Brasil a R$ 400.

A matéria é polêmica e enfrenta resistências no Congresso e também dos investidores. Caso seja aprovada, a PEC concretiza o temor do mercado de o governo furar o teto de gastos para ter mais dinheiro em pleno ano eleitoral. Por isso, o assunto deve afetar o mercado nesta terça (26).

Veja abaixo outros assuntos.

2. Empregos no Brasil - Nesta terça-feira (26), o Ministério do Trabalho e Previdência divulga os dados do Caged, sobre empregos e desempregos no país referentes a setembro.

O ministro da pasta, Onyx Lorenzoni, participará de coletiva para detalhar os dados, que servem para medir o aquecimento da economia e criar perspectivas para o consumo no país.

3. Petrobras - Na última segunda-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que a privatização da Petrobras (PETR4) está no radar do governo, mas que isso não é um processo imediato.

Já é a segunda vez neste mês que Bolsonaro traz o tema à tona. Ontem, as ações ordinárias da companhia (PETR3) tiveram alta de 6,13%, após as declarações do presidente. Já as preferenciais (PETR4) subiram 6,84%.

Além disso, a companhia anunciou para esta terça-feira (26) um novo reajuste no preço dos combustíveis nas refinarias, de R$ 0,28 por litro de gasolina, e de R$ 0,21 por litro de diesel.

Isso deve esquentar ainda mais os debates sobre o tema e movimentar o mercado hoje.

4. Prévia da inflação - O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga nesta terça-feira (26) o IPCA-15 de setembro, que é uma prévia da inflação oficial do país.

A inflação interfere diretamente no mercado e guia a decisão sobre a taxa básica de juros, o que pode fazer com que os investidores repensem suas decisões de investimentos.

A divulgação pode movimentar o mercado hoje.

5. CPI da Covid - A CPI da Covid deve votar nesta terça-feira (26) o relatório final das investigações realizadas pela comissão.

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou na última segunda-feira (25) que o colegiado vai pedir o banimento de Jair Bolsonaro (sem partido) das redes sociais após o presidente associar a vacina de covid-19 à Aids.

Além disso, o relatório deverá sugerir o indiciamento de Bolsonaro por 10 crimes. Por isso, o assunto pode movimentar os investidores hoje e afetar a Bolsa.

6. Construção - A FGV (Fundação Getulio Vargas) publica nesta terça-feira (26) os dados de atividade e inflação do setor de construção no Brasil. O dado permite que os investidores vejam o nível de atividade do setor, o que pode afetar os preços das empresas de construção hoje.

7. Resultados - A temporada de divulgação de balanços trimestrais continua, com quatro empresas publicando nesta terça (26) os resultados do terceiro trimestre do ano.

São elas Cesp (CESP6), Klabin (KLBN11), Banco Inter (BIDI4) e Marfrig (MRFG3).

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira da página de Investimentos do UOL, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Investimentos e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.