PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Juros, PEC dos Precatórios e mais 4 temas que podem afetar a Bolsa hoje

Conteúdo exclusivo para assinantes

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/10/2021 04h00

A PEC dos Precatórios deve ser votada nesta quarta-feira (27), e o Copom (Comitê de Política Monetária), do Banco Central, anuncia a nova taxa de juros do país. Veja no Café com Mercado, do UOL, estes e outros assuntos que podem movimentar a Bolsa hoje.

1. Juros - Nesta quarta-feira (27), o Copom (Comitê de Política Monetária), do Banco Central, anuncia a nova taxa básica de juros do país, a Selic.

A expectativa do mercado é de que a inflação ainda alta force um aumento da taxa para 7,25% ao ano. Instituições financeiras como Citi, Goldman Sachs e JPMorgan projetam uma alta maior, para 7,75%. Hoje, a Selic está em 6,25% ao ano. A definição da nova taxa mexe com as expectativas do mercado e direciona os investimentos, principalmente os de renda fixa.

Veja abaixo outros 5 assuntos que podem afetar a Bolsa hoje.

2. PEC dos Precatórios - Estava marcada para ontem (26) a votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios na Câmara dos Deputados.

Contudo, os partidos de oposição conseguiram se articular e decidiram votar contra a proposta. Por isso, até o fechamento deste texto, a votação ainda não tinha ocorrido.

No final da tarde de ontem, o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que a proposta "provavelmente" estará pronta para votação nesta quarta-feira (27).

A PEC permite o parcelamento das dívidas judiciais do governo em 2022 e altera o cálculo do teto de gastos —por isso, preocupa os investidores.

A proposta abre espaço para a criação do Auxílio Brasil, programa social que substituirá o Bolsa Família.

3. Desemprego no Brasil - O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga nesta quarta-feira (27) a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), que traz os dados sobre o desemprego no Brasil.

A pesquisa mostra a taxa de informalidade, o número de empregados com carteira assinada, de pessoas que desistiram de procurar trabalho, de trabalhadores por conta própria e também o rendimento médio da população.

Os dados ajudam os investidores a entenderem a situação do emprego no país e a capacidade de consumo da população.

4. Indústria - A FGV divulga hoje a sondagem da indústria brasileira de outubro, que levanta dados sobre investimentos no negócio e contratação de mão-de-obra do setor.

O setor é um dos mais importantes do país e os números podem influenciar as decisões das empresas.

5. Títulos Públicos - O Banco Central publica nesta quarta-feira (27) os dados sobre a oferta de títulos públicos.

Como a renda fixa tem uma grande influência na tomada de decisão dos investidores, o mercado pode responder à divulgação deste dado hoje.

6. Resultados - A temporada dos balanços referentes ao terceiro trimestre do ano deve se intensificar hoje, com a publicação dos resultados de 11 empresas.

São elas: Gerdau (GGBR4), Santander (SANB11), Weg (WEGE3), Telefônica Brasil (VIVT3), Movida (MOVI3), Kepler Weber (KEPL3), Dexco (DXCO3), Intelbras (INTB3), LOG Comercial (LOGG3), Multiplan (MULT3) e Odontoprev (ODTV3).

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira da página de Investimentos do UOL, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Investimentos e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE