PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Veja quanto Juliette, campeã do BBB, pode ter de renda investindo R$ 1,5 mi

Conteúdo exclusivo para assinantes

Matheus Adami

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/05/2021 04h00

O Big Brother Brasil 21 chegou ao fim na terça-feira (4) e consagrou a advogada e maquiadora Juliette Freire a campeã da edição. Se bem investido, o prêmio de R$ 1,5 milhão pode garantir uma renda mensal só com os juros, sem mexer no valor principal do prêmio.

A pedido do UOL Economia+, especialistas avaliaram as principais possibilidades de investimentos e quanto de retorno cada uma pode trazer. Confira onde a vencedora do BBB 21 pode investir —as lições, segundo especialistas, valem para qualquer valor e não apenas para a nova milionária.

Em investimentos tradicionais, R$ 1,5 milhão perde valor

Se a vencedora não quiser pensar e nem correr riscos, uma alternativa é investir o total do prêmio no Tesouro Selic. Em 12 meses, o R$ 1,5 milhão se transformaria em R$ 1.546.468,50 — R$ 38.498,23 só de juros líquidos. O rendimento médio dessa modalidade de investimento é de 3,098% ao ano, considerando o Tesouro Selic a 2,75% ao ano.

Contudo, considerando a inflação acumulada nos últimos 12 meses (6,01%), deixar o prêmio no título faz o valor cair para R$ 1,452 milhão em um ano. Ou seja, ao invés de ganhar, a premiada perde em torno de R$ 48.000.

O valor de perda pode ser maior se o prêmio ficar parado na poupança durante o mesmo período. Com rentabilidade de 1,925% ao ano, a poupança reduz o valor do prêmio em R$ 65.000, em um ano, considerando a inflação. Ou seja: em um ano, a quantia acumulada cairia para R$ 1,435 milhão.

Com o valor, o caminho é diversificar

Mais do que se preocupar quanto vai render em um ano, o foco tem que ser em montar uma boa estrutura para viver dos juros sem perder o principal.
Gustavo Dias, planejador financeiro e cofundador da Duoo Finanças Pessoais

Para ter uma renda maior, o caminho apontado pelos especialistas consultados pelo UOL é a diversificação.

A pessoa vai ter de entender o objetivo do dinheiro e o horizonte de investimento. Esse é o primeiro ponto. Um pressuposto básico é que a pessoa trabalhe sempre com diversificação. Para longo prazo não dá para trabalhar apenas em renda fixa.
Fernanda Prado, planejadora financeira

Ao diversificar, é possível que a vencedora do BBB 21 consiga uma rentabilidade total da carteira em torno de 14% ao ano e, com isso, tenha uma "mensalidade" líquida de R$ 8.803, ao transformar R$ 1,5 milhão em R$ 1,605 milhão, já descontada a inflação.

Como diversificar?

Existem possibilidades de investimentos para que a vencedora do Big Brother Brasil aplique o R$ 1,5 milhão. As lições, segundo especialistas, valem para investidores que tenham qualquer valor para investir.

Para chegar em uma carteira mesmo que genérica, a gente precisa entender um pouco de perfil e fase de vida do investidor. No Big Brother, [os participantes] têm uma faixa etária de 30 anos --estão saindo de uma fase de acúmulo para manutenção. Precisamos fazer este filtro porque há muitos produtos e estratégias diferentes. Este investidor ainda está distante da aposentadoria, então, pode assumir um tipo de risco.
João Lux, responsável por produtos da CM Capital

Ele sugere uma carteira com 60% do montante destinado em renda fixa (CBD com pelo menos 100% do CDI), 10% em fundos imobiliários, 10% em fundos multimercado, 10% em ações que seguem o Ibovespa (como o ETF BOVA11) e 10% no ETF IVVB11 — que segue o índice S&P 500, da Bolsa de Valores norte-americana.

"Para este cenário, diria que [a carteira] é arrojada, porque abordamos muitos índices e não produtos. Podemos chegar a R$ 14 mil de renda por mês", afirma.

Nicolas Takeo, responsável pela área de análise da Singulare, sugere uma composição de carteira diferente: 45% em fundos multimercado, 15% em ações e 20% em fundos imobiliários e 20% ativos pós-fixados de renda fixa.

"Em termos de uma carteira como essa, de risco moderado, estamos falando de uma expectativa de rentabilidade anual bruta, sem descontos de impostos, de R$ 123.750,00. Isso seria o equivalente a 150% do CDI. Na prática, ela vai contar com uma renda de R$ 8.000 a R$ 10.000 por mês, em termos brutos", afirma.

Nunca é bom negócio investir em uma única classe de ativos, independentemente do tamanho do patrimônio. O ideal é investir em uma carteira diversificada, em ativos com baixa correlação entre si. Isso garante uma maior estabilidade.
Nicolas Takeo

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE