PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Banco diz que Carrefour não terá grande valorização em 2022, e ação cai 4%

Divulgação
Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/04/2022 15h29

Uma das principais divisões da rede francesa, o Carrefour Brasil (CRFB3) tem apresentado baixa na Bolsa de Valores brasileira (B3) nesta terça-feira (19). Às 14h (horário de Brasília), as ações tinham queda de 4,51%, cotadas a R$ 22,01 cada.

A baixa é resultado do anúncio do banco americano JP Morgan, que rebaixou a recomendação de compra de ações do Carrefour para posição neutra. Isto é, se antes indicavam que investidores adquirissem papéis da companhia, agora declaram que não é o momento nem de compra e nem de venda dos ativos.

Veja o ponto de vista de demais instituições financeiras consultadas pelo UOL e o que fazer com as ações do Carrefour.

Para os analistas da JP Morgan, a ação do Carrefour já está em seu preço justo, "com um potencial de alta de apenas 10% até dezembro de 2022".

Já para a XP Investimentos, as altas taxas de juros também devem afetar as vendas da empresa. Por isso, o banco também tem recomendação neutra e preço-alvo de R$ 22 para o papel.

O banco Safra também mantém recomendação neutra.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.