PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

ESG: empresas comprometidas com o planeta que são indicadas para investir

Carteira do BTG é focada em empresas ESG (meio ambiente, social e governança, em tradução livre) - tommy/Getty Images
Carteira do BTG é focada em empresas ESG (meio ambiente, social e governança, em tradução livre) Imagem: tommy/Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/05/2022 14h23

Investir apenas em ações de empresas que são socialmente e ambientalmente responsáveis é uma preocupação que aumenta a cada dia. Para isso, o banco BTG criou uma carteira de ações recomendadas com esse perfil.

Estão entre as companhias escolhidas a Suzano (SUZB3), de papel e celulose; a empresa de agronegócios Raízen (RAIZ4); a Vamos Aluguel de Veículos (VAMO3); e a Hidrovias do Brasil Infraestrutura (HBSA3).

Veja abaixo mais detalhes da carteira focada em ESG (Environmental, Social, and Governance — meio ambiente, social e governança, em tradução livre) e por que investir em cada uma dessas empresas.

Em abril, a carteira do BTG teve uma desvalorização de 5,2%, contra um desempenho do Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), negativo em 10,6%.

Suzano (SUZB3)

A Suzano (SUZB3), segundo o banco, foi escolhida por conta de suas florestas, que fazem da empresa negativa em geração de carbono. Ou seja, a empresa remove mais carbono da atmosfera do que adiciona.

Mas a Suzano também trabalha para melhorar a conservação da biodiversidade e reduzir o consumo de água, segundo o banco. Na frente social, o BTG diz que a empresa tem programas para aumentar a diversidade e inclusão.

Raízen (RAIZ4)

A dona dos postos Shell, a Raízen (RAIZ4), entrou para a seleção, uma vez que o BTG vê os biocombustíveis — e o etanol, em particular — como um dos principais componentes na transição para uma economia de baixo carbono. Resumindo, para o banco, os produtos da Raízen contribuem para a redução de emissões.

A empresa também tem metas para reduzir sua própria pegada de carbono e uso de água até 2030, o que é tido como bastante positivo.

Vamos Aluguel de Veículos (VAMO3)

A empresa de aluguel de veículos Vamos (VAMO3), de acordo com seu mais recente relatório anual, comprou 50 veículos que estavam na estrada há mais de 20 anos para reciclagem.

A companhia tem também uma frota elétrica e está, conforme o BTG, comprometida com a conversão de caminhões a diesel em modelos híbridos que podem ser abastecidos com biometano.

Hidrovias do Brasil Infraestrutura (HBSA3)

Hidrovias do Brasil (HBSA3), que é focada no transporte fluvial, estuda, de acordo com o BTG, formas de reduzir suas emissões.

A empresa tem uma parceria com a Weg (especializada na fabricação e comercialização de motores elétricos, transformadores e geradores) para criar um empurrador elétrico híbrido para substituir aqueles cuja combustão é a diesel, o que deve reduzir suas emissões.

A companhia também investe em projetos de energia solar, o que é mais ponto a favor aos olhos do banco para somar a carteira de ações.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.