PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Eletrobras fecha em alta de 3,37% após tombo na estreia da privatização

Reuters
Imagem: Reuters
Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

14/06/2022 13h25Atualizada em 14/06/2022 18h09

As ações da Eletrobras na Bolsa lideraram as altas na sessão desta terça-feira (14). As ELET3 fecharam em alta de 3,37%, cotadas a R$ 41,45. As ELET6 se valorizaram 2,36%, a R$ 40,31. Apesar do avanço, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, encerrou em queda de 0,52%.

Ontem, no dia em que as novas ações começaram a ser negociadas na B3 após o processo de privatização, os papéis ELET3 caíram 2,20%, a R$ 40,10, enquanto os ELET6 fecharam em queda de 0,81%, a R$ 39,38. Foi um dia ruim para a maioria das ações, impactadas pela expectativa de elevação de juros nos EUA. O Ibovespa teve queda de 2,73%.

O que aconteceu para as ações subirem?

O mercado se concentrou na estimativa de melhora nos rumos da empresa. "Passada a oferta das ações, o mercado aguarda melhores diretrizes sobre a gestão da empresa", diz Regis Chinchila, analista da Ativa Investimentos.

No médio prazo, segundo ele, a empresa já deve começar a cumprir as expectativas de uma melhor gestão dos negócios da companhia, com impactos positivos nos custos e margens operacionais.

Vale a pena investir?

De acordo com casas de análises, vale a pena investir nas ações da Eletrobras. Mas, em um momento com sobe e desce de cotações, como nos últimos dias, é bom lembrar que esse é um investimento de longo prazo. E é nisso que o mercado confia: com o passar do tempo, a administração da empresa deve ficar mais azeitada.

O BTG recomenda compra, com expectativa de valorização até R$ 68.

O Banco Safra também sugere compra, com preço alvo de R$ 55,30.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.