PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Cadastro para auxílio de R$ 600 não pode ser feito na agência, diz Caixa

Lucas Lacaz Ruiz/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: Lucas Lacaz Ruiz/ESTADÃO CONTEÚDO

Ricardo Marchesan

Do UOL, em São Paulo

24/04/2020 11h21Atualizada em 27/04/2020 12h24

Quem não tem acesso à internet ou smartphone não pode fazer o cadastro para receber o auxílio emergencial de R$ 600 em uma agência da Caixa Econômica Federal ou em lotéricas, segundo o banco.

Entre aqueles que cumprem os critérios para receber o benefício, o pedido pode ser feito apenas por meio do aplicativo Caixa Auxílio Emergencial (para sistema Android e iOS), ou pelo site, segundo a Caixa. Quem estava no Cadastro Único até 20 de março ou recebe o Bolsa Família não precisa se inscrever, porque já recebe automaticamente, se tiver direito.

O UOL questionou o banco se havia alguma orientação de como pessoas sem acesso a um celular ou internet deveriam proceder, mas a Caixa respondeu que o decreto que regulamenta o auxílio emergencial estabelece que o cadastramento deve ser feito por meio digital, "sendo o app Caixa Auxílio Emergencial e o site auxilio.caixa.gov.br os canais disponíveis para o cadastramento pelo cidadão".

No caso de pessoas com celular mas que não possuem acesso à internet, o banco afirma que as operadoras de telefonia móvel estão disponibilizando o aplicativo com navegação gratuita. "Assim todo brasileiro pode navegar no seu telefone gratuitamente nestes aplicativos até o fim de maio", diz em seu site.

O cadastro por meio do app ou site estará disponível até o dia 2 de julho de 2020, segundo o banco.

Agências com horário estendido

Mesmo não sendo possível o cadastro para receber os R$ 600 presencialmente, a Caixa ampliou desde a quarta-feira (22) o horário de atendimento de 1.102 agências em 2 horas, abrindo das 8h às 14h "apenas para o atendimento de serviços essenciais à população".

"Poderão ser realizados saque INSS sem cartão; saque de seguro desemprego/defeso sem cartão e senha; saque Bolsa Família e outros benefícios sociais sem cartão e senha; pagamento de abono salarial e FGTS sem cartão e senha; saque de conta salário sem cartão e senha; e desbloqueio de cartão e senha de contas", afirma.

A lista de agências com horário maior pode ser conferida no site da Caixa.

As informações sobre o auxílio emergencial podem ser obtidas apenas pelo aplicativo, site ou pelo telefone 111, segundo a Caixa.

Problemas no app

Os depósitos do auxílio são feitos nas poupanças digitais da Caixa abertas automaticamente na hora da inscrição, ou em uma conta que já existia, indicada pelo beneficiário.

Quem recebeu o dinheiro na poupança digital pode movimentá-lo por meio do aplicativo Caixa Tem, podendo fazer o pagamento de contas ou transferências para outros bancos.

Muitos beneficiários, porém, têm relatado dificuldades há pelo menos uma semana com o aplicativo Caixa Tem. Nas redes sociais, há diversos relatos de problemas para acessar o app e de usuários que se depararam com mensagens de erro ao tentar fazer movimentações financeiras.

Também há relatos de pessoas que ainda não conseguiram a aprovação para o benefício ou não receberam o valor. Isso pode acontecer por causa do calendário de pagamentos (que ainda está em andamento), por atraso na análise do cadastro pelo governo, porque a pessoa não tem direito ou por problemas técnicos com os aplicativos da Caixa.

Saque em dinheiro

Nas agências será possível fazer o saque em dinheiro direto da poupança digital, mas apenas a partir da segunda-feira (27). A Caixa divulgou um calendário escalonado de acordo com o mês de aniversário, para evitar aglomerações:

  • 27 de abril - nascidos em janeiro e fevereiro
  • 28 de abril - nascidos em março e abril
  • 29 de abril - nascidos em maio e junho
  • 30 de abril - nascidos julho e agosto
  • 04 de maio - nascidos em setembro e outubro
  • 05 de maio - nascidos em novembro e dezembro