PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Descomplique

Veja investimentos em que iniciantes devem ficar de olho em 2021

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

31/12/2020 04h00

Ano novo, metas novas e uma provável nova taxa Selic vindo por aí também. Neste ano, além das dificuldades todas que passamos, os investimentos também sofreram muito, e em 2021 é muito provável que o cenário seja melhor.

No artigo de hoje, eu vou falar dos investimentos que você precisa ficar de olho para o ano que vem e que vão deixar sua carteira muito bem diversificada.

Curto prazo

A nossa taxa Selic por enquanto está em 2% ao ano - a menor alíquota da história, porém para 2021 a ideia é que ela suba um pouco e fique entre 2,25 a 3% ao ano. Não tem como bater o martelo e declarar agora um valor, pois isso é impossível, mas acompanhando o Banco Central podemos ter um pouco de esperança nesse aumento da taxa.

Com isso, o CDB (Certificado de Depósito Bancário) começa a ficar interessante. Isso porque ele é atrelado aos CDIs (Certificados de Depósitos Interbancários), os quais seguem a Selic. Se ela sobe, ele sobe também. Os CDBs são emitidos por bancos e instituições financeiras, então é fácil encontrar esse investimento rendendo bem acima da Taxa Selic. Se você já tem uma reserva de emergência e está querendo juntar uma grana para o curto prazo, o CDB será uma ótima pedida.

Longo prazo

O segundo ativo para ficar de olho em 2021 são os Fundos de Investimento Imobiliário, os famosos FIIs - fundos que investem em imóveis. Você, como cotista do fundo, vai receber os rendimentos dos aluguéis, claro, de maneira proporcional ao que investiu.

A vantagem dos FIIs é que você está diversificando sua carteira para longo prazo e de maneira mais segura, afinal tem um gestor que faz todo o controle e cuidado desses imóveis. Uma média de ganho mensal com os rendimentos desses fundos é de 0.5% ao mês e você também ganha conforme o crescimento do FII ao longo do tempo.

Além dos FIIs, é interessante você começar a estudar as ações. Com elas, é possível investir nas melhores empresas do Brasil de forma fácil e prática. Por serem investimentos com bastante variação de preço durante os dias, é preciso estudar mais sobre esses ativos antes de aplicar seu dinheiro lá.

Aposentadoria segura

Nas ações, além de você ganhar com a variação da cotação, você ganha também com os dividendos pagos pelas empresas. No plano de longo prazo, é possível se planejar para criar uma aposentadoria baseada nesses dividendos.

Na renda fixa, temos a opção do Tesouro IPCA. Com ele, seu dinheiro rende mais que a inflação, o que faz com que não perca o poder de compra no futuro. Hoje existem vários títulos do Tesouro IPCA disponíveis, inclusive com vencimento para longuíssimo prazo como 2035, 2045 e até mesmo 2055.

Aproveite o começo do ano para fazer os primeiros investimentos e dar os primeiros passos em direção à sua liberdade e tranquilidade financeira.

PUBLICIDADE