PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Descomplique

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Dicas para você evitar erros na hora de vender o seu imóvel

Getty Images/iStock
Imagem: Getty Images/iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

19/08/2021 04h00

Neste ano, vendi meu apartamento. Há algum tempo ela já não servia mais e a vontade de mudar era grande. Achei que levaria pelo menos 6 meses para concretizar essa venda, mas para minha surpresa em menos 2 meses tinha fechado negócio.

Conheço pessoas que passam mais de um ano com o imóvel parado esperando um comprador e investiguei alguns erros que essas pessoas cometeram para evitar repeti-los no meu caso. Separei essas dicas para ajudar você a vender seu imóvel em tempo recorde.

O que você quer?

Tem gente que não se importa em deixar o imóvel à venda por anos enquanto morar nele. Outras pessoas estão desesperadas para vender. Isso influi muito na hora de definir um preço.

Você dificilmente irá vender rápido se tiver um preço igual ou maior que o mercado e não abrir margem para negociação. Baixar o valor de mercado para vender rápido nem sempre significa que você está perdendo dinheiro.

Lembre que enquanto o imóvel está parado você precisa arcar com as despesas e a manutenção dele. Condomínio, água, energia elétrica, gás são alguns dos gastos que começam a ficar bem salgados depois de um tempo.

Esse valor pode ser tão pesado que em poucos meses eles ultrapassam o valor que você ganharia vendendo com um preço melhor. Por isso, seja racional: se aparecer uma oportunidade para negociar, não hesite. Pode valer a pena e o que você deixa de ganhar economiza com esses gastos.

Pesquise

Procure na internet imóveis parecidos com o seu na região em que ele está localizado. Descubra há quanto tempo estão sendo anunciados, qual o preço pedido e a condição deles.

Se estão à venda há mais de 6 meses, estão em uma condição melhor e com um preço menor do que você pretende pedir, vale a pena repensar o valor pelo qual quer vender o seu. Um corretor de imóveis com bastante experiência na sua região também pode ajudar nessa tarefa.

Venda o imóvel no qual você queira morar

Faça de tudo para deixar seu imóvel mais bonito possível para visitantes e fotografias. Sempre que um interessado visitava o meu apartamento eu dedicava pelo menos uma hora para deixar a casa arrumada e perfumada. Escondia todos os objetos de uso pessoal e deixava os espaços livres de entulhos.

Fiz a mesma coisa quando os corretores visitavam a casa para avaliá-la e tirar fotos para anunciá-la na internet. Muitas das casas à venda em sites de corretoras estão bagunçadas ou sujas. Ser caprichoso já deixa você um passo à frente da concorrência.

Quanto mais, melhor

Procure imobiliárias de confiança e anuncie em várias delas. Vale a pena procurar sites em que você negocia diretamente com compradores, como Mercado Livre e OLX. Nesse caso, pode ser interessante pagar para que seu anúncio apareça antes dos outros já que neste caso não precisará pagar a comissão do corretor de imóveis.

Aplicar essas técnicas não é difícil e com certeza farão a diferença entre fechar um negócio rápido ou ficar meses com seu imóvel parado.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL