PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Descomplique

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Está pensando em reformar a sua casa? Saiba como economizar

Sebastian Barros/NurPhoto via Getty Images
Imagem: Sebastian Barros/NurPhoto via Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

02/09/2021 04h00

Construir e reformar são tarefas que exigem paciência e de economia. Extrapolar o orçamento da obra é quase certo, principalmente em momentos como os que estamos vivendo, com inflação alta e falta de materiais.

Estou vivendo isso na pele com a reforma de uma casa e já gastei pelo menos o dobro do que havia previsto inicialmente. Esse valor poderia ser muito maior se eu não tomasse alguns cuidados e evitasse armadilhas bem comuns. Separei algumas dicas que vão aliviar bastante o seu bolso se você estiver vivendo este momento.

Pesquise muito

A tática mais efetiva para economizar é a boa e velha pesquisa. É gritante a diferença de valores entre lojas e fornecedores. Quando estava procurando um piso para a sala da minha casa, orcei o mesmo em uma loja especializada em pisos que me retornou com o valor de R$ 140 pelo metro quadrado. Comprei o mesmo piso em uma loja de materiais de construção por R$ 70.

Essa diferença de preços é bastante comum e acontece com todo o tipo de material, alguns em maior escala, outros em menor. Em revestimentos, móveis e metais você vai encontrar as maiores discrepâncias. Use a internet ao seu favor quando for orçar esses itens. É muito fácil fazer contato direto com fornecedores ou encontrar lojas que oferecem os mesmos produtos por um preço mais baixo.

Use a internet a seu favor

Em sites que vendem produtos vindos da China é possível encontrar metais como chuveiros e torneiras direto do fabricante. Esses produtos são vendidos no Brasil em grandes lojas com marcas próprias pelo dobro do valor, em alguns casos.

Para comprar móveis, vale a pena descobrir um polo de fabricação desses itens próximo a sua cidade. Eu, por exemplo, moro em Curitiba e descobri que a 100 quilômetros daqui existem cidades em que a economia gira em torno desses produtos no estado de Santa Catarina. Os mesmos sofás vendidos lá direto do fabricante são encontrados pelo dobro do valor em lojas especializadas em Curitiba.

Busque alternativas

Materiais como aço, alumínio e ferro sofreram bastante com a inflação nos últimos meses. Vale a pena pesquisar alternativas a esses itens sempre que possível. Na reforma que estou fazendo, substituí a coluna de uma cobertura que inicialmente seria de alumínio por uma de alvenaria e consegui economizar R$ 10 mil.

Procure lojas de material de construção menores do seu bairro e negocie preço para comprar tudo o que precisa de material bruto de lá. Essas lojas são mais flexíveis e abertas para dar desconto a clientes fiéis do que grandes varejistas.

Use essas táticas a todo o momento. Pode ser que você gaste um pouco mais de tempo para executar sua obra, mas a chance de ela extrapolar o orçamento é muito menor.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL