PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Descomplique

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Qual o melhor investimento: CDB de liquidez diária ou Tesouro Selic?

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

13/10/2021 04h00

Cada investimento tem seu objetivo específico. Por exemplo, se você quer investir para longo prazo, temos o Tesouro IPCA, as ações, os ETFs e os FIIs. Já para o curto prazo, temos outras opções, como LCI, LCAs, CDBs e Tesouro Selic.

Esses dois últimos são muito parecidos e têm características similares. Isso acaba gerando confusões e traz algumas dúvidas em relação a qual é o melhor, qual paga mais e qual é o mais seguro. Por isso, fiz uma batalha dos investimentos em que comparo e mostro qual o melhor: CDB ou Tesouro Selic.

Segurança

A segurança que os CDBs têm são da própria instituição, ou seja, bancos bons, e do FGC, que é um fundo que garante até R$ 250 mil reais por CPF, por instituição financeira. Já o Tesouro Selic conta com a garantia soberana, o governo garante esse valor e isso faz dele o investimento mais seguro que temos no Brasil. Em relação a esse ponto, ambos são bastante seguros, porém, o Tesouro Selic leva uma pequena vantagem.

Liquidez diária

O tempo que leva para você conseguir resgatar seu investimento e transformá-lo em dinheiro é o que chamamos de liquidez. Quando você consegue o resgate no mesmo dia, a liquidez é imediata (D+0) e quando você recebe sua grana no próximo dia útil, então a liquidez é chamada de diária (D+1).

O Tesouro Selic tem resgate em 1 dia útil, já os CDBs têm diversas formas de liquidez, incluindo a diária. Esses CDBs hoje não são tão fáceis de encontrar em corretoras. Já em bancos digitais é mais fácil. Para esse quesito, ambos têm liquidez diária.

Valor

Hoje, está um pouco difícil achar CDBs abaixo de R$ 1.000, porém em bancos digitais é possível achar algumas opções a partir de R$ 1. O Tesouro Selic hoje conta com 2 valores: R$ 110,05 para vencimento em 2024 e R$ 108,88 para vencimento em 2027. A vantagem aqui é dos CDBs, se você usar bancos digitais.

Rentabilidade

Os CDBs seguem a taxa CDI, que por sua vez segue a taxa Selic, que é a taxa de juros básica do Brasil. O CDI sempre acompanha a taxa Selic, porém rende um pouco abaixo dela. A taxa Selic rende 6,25% ao ano e o CDI rende 6,15% ao ano.

Apesar de essas taxas serem distintas, a diferença entre elas é pouca. Para um valor de R$ 1.000 por um período de 1 ano, no Tesouro Selic você terá R$ 1.064,22 e no CDB você terá R$ 1.062,95. O Tesouro Selic aqui tem vantagem, apesar de ser pequena.

Imposto de renda

Ambos contam com o desconto do imposto de renda no resgate. O imposto é descontado sobre o lucro que você teve com seu investimento e é regressivo, começando com 22,5% para até 180 dias de investimento, 20% de 180 a 360 dias, 17,5% de 360 a 720 dias e acima de 360 dias o imposto será de 15%.

Qual o melhor?

Se você está buscando um investimento com segurança e para um objetivo de curto prazo, o Tesouro Selic pode ser o melhor investimento. Se tem a opção de investir um pouco mais ou esperar um pouco mais pelo seu resgate, o CDB pode ser melhor, pois não está tão fácil achar CDBs com o mesmo valor do Tesouro Selic e de liquidez diária. Você já investe nesses ativos? Qual desses você prefere?

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL