Bolsas

Câmbio

Dólar chega a subir 1% durante o dia, mas vira e fecha em baixa, a R$ 3,957

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial chegou a subir mais de 1% durante o dia e passar de R$ 4, mas inverteu o movimento no fim da sessão e fechou esta quarta-feira (24) em queda de 0,15%, a R$ 3,957 na venda. 

Na véspera, a moeda norte-americana havia subido 0,32%.

Rebaixamento do Brasil

A agência de classificação de risco Moody's tirou o selo de bom pagador do Brasil nesta quarta-feira. A agência cortou a nota da dívida brasileira em dois degraus, de "Baa3" para "Ba2", e colocou-a em perspectiva negativa, indicando que mais cortes podem acontecer.

Das três grandes agências, a Moody's era a única que ainda mantinha o Brasil com o grau de investimento

O impacto no mercado não foi tão grande, pois o corte já era esperando, segundo especialistas. Mesmo assim, o dólar deve continuar subindo e pode atingir R$ 4,50 num curto espaço de tempo, de acordo com analistas.

Alta do petróleo

Apesar do forte avanço visto mais cedo, o dólar anulou a alta após a recuperação dos preços do petróleo no mercado global.

"A alta do petróleo acabou se sobrepondo ao pessimismo com a Moody's", disse Glauber Romano, operador da corretora Intercam, à agência de notícias Reuters.

Após cair pela manhã, os preços do petróleo voltaram a subir à tarde depois da divulgação de que os estoques da matéria-prima nos Estados Unidos caíram mais que o esperado.

A instabilidade nos preços do petróleo tem sido um dos principais fatores a influenciar os mercados neste início de ano. 

(Com Reuters)

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos