Bolsas

Câmbio

Bolsa fecha em queda de 0,32%, puxada por Petrobras e bancos; Vale salta 5%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, operou a maior parte do dia em alta, mas inverteu o sentido no fim da tarde e fechou esta quarta-feira (18) em queda de 0,32%, a 64.149,57 pontos, após duas altas seguidas. Na véspera, a Bovespa havia fechado com avanço de 0,82% e atingido o maior nível desde 31 de outubro.

A baixa desta quarta-feira foi influenciada, principalmente, pela queda nas ações da Petrobras e dos bancos. No lado positivo, os papéis da mineradora Vale saltaram 5%, impulsionados pela possibilidade de unificação das ações da empresa.

Segundo o jornal "Valor Econômico", empresas donas de ações da Vale estão em negociação para renovar o acordo de acionistas, que expira em abril, e avaliam a migração das duas classes de ações da mineradora, preferenciais (com prioridade na distribuição de dividendos) e ordinárias (com direito a voto em assembleia), para uma única classe de ações ordinárias ao término do período do novo acordo. 

Dólar sobe 0,2%, a R$ 3,219 

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em alta de 0,2%, a R$ 3,219 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia fechado com queda de 0,81%.

A sessão foi marcada pela expectativa em torno da posse do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, e por nova atuação do Banco Central no mercado de câmbio.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos