Bolsas

Câmbio

Dólar cai e fecha a R$ 3,708, com atuação do BC; Bolsa sobe após 5 quedas

Do UOL, em São Paulo

O dólar comercial fechou esta terça-feira (12) em baixa de 0,52%, cotado a R$ 3,708 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana havia subido 0,54%.

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 0,62%, a 72.754,13 pontos, após cinco quedas seguidas. Na véspera, a Bolsa caiu 0,87% e atingiu o menor nível desde 1º de dezembro (72.264,45 pontos).

Leia também:

BB e Vale sobem

Entre os destaques da Bolsa, as ações do Banco do Brasil (+3,85%) e da mineradora Vale (+1,67%) registraram alta, enquanto o Itaú Unibanco (-0,2%) e o Bradesco (-0,26%) tiveram queda.

Os papéis ordinários (com direito a voto em assembleia) da Petrobras caíram (-0,82%) e os preferenciais (com prioridade na distribuição de dividendos) subiram (+0,32%). Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Dólar cai com ação do BC

A queda do dia foi influenciada pela atuação do Banco Central, que fez um leilão extra de 30 mil contratos de swaps cambiais tradicionais (equivalentes à venda futura de dólares). Na última quinta-feira (7), o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, anunciou que a entidade atuaria com mais intensidade no mercado nesta semana.

No exterior, investidores estavam cautelosos antes da decisão sobre a taxa de juros nos Estados Unidos nesta quarta-feira (13). O mercado aposta em uma alta, mas aguarda sinais sobre uma possível aceleração ou não no ritmo de aumento dos juros. Taxas maiores nos EUA podem atrair para lá recursos atualmente aplicados em outros mercados, como o brasileiro.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos