Bolsas

Câmbio

Dólar cai, após 3 altas, e fecha a R$ 3,763; Bolsa tem queda de 2,84%

Do UOL, em São Paulo

O dólar comercial fechou esta quinta-feira (21) em queda de 0,51%, cotado a R$ 3,763 na venda, após três altas consecutivas. Na véspera, a moeda norte-americana subiu 1,03%.

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em baixa de 2,84%, a 70.074,9 pontos, após duas altas seguidas. Na véspera, a Bolsa subiu 1,02%. 

Leia também:

Petrobras despenca 6,85%

Entre os destaques da Bolsa, as ações da Petrobras despencaram 6,85%, em meio a um julgamento no TST (Tribunal Superior do Trabalho) que pode gerar uma perda bilionária para a estatal em ações trabalhistas.

Além disso, os papéis do Bradesco (-4,15%), do Banco do Brasil (-3,67%), da mineradora Vale (-3,28%) e do Itaú Unibanco (-2,67%) também tiveram fortes quedas. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Atuação do BC

A baixa do dólar foi influenciada pela atuação do Banco Central no mercado de câmbio. O BC realizou dois leilões extras de contratos de swaps cambiais (equivalentes à venda futura de dólares). Com isso, injetou o equivalente a US$ 4 bilhões em swaps, do total de US$ 10 bilhões prometido para esta semana.

Na política, o STF (Supremo Tribunal Federal) marcou para a próxima terça-feira (26) o julgamento que pode colocar em liberdade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Lula lidera as pesquisas de intenção de votos nas quais consta como candidato. Investidores temem que um candidato menos comprometido com os gastos públicos seja eleito presidente.

No exterior, investidores também seguiam cautelosos diante de preocupações com a guerra comercial entre Estados Unidos e China.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos