PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Cotações

Mercado especula com eleição, e dólar tem maior valor em 30 meses: R$ 3,958

Do UOL, em São Paulo

20/08/2018 17h11Atualizada em 20/08/2018 17h29

O dólar comercial avançou pelo quarto dia seguido e fechou esta segunda-feira (20) em alta de 1,1%, cotado a R$ 3,958 na venda. É o maior valor de fechamento em quase 30 meses: em 29 de fevereiro de 2016, o dólar valia R$ 4,004. Na sexta-feira (17), o dólar subiu 0,24%.

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 0,39%, a 76.327,89 pontos, após três quedas seguidas. Na sexta, a Bolsa caiu 1,03% e atingiu o menor nível desde 12 de julho (75.856,22 pontos).

A sessão desta segunda foi influenciada por especulações sobre as eleições presidenciais, após divulgação de nova pesquisa eleitoral. No exterior, o mercado acompanhava os desdobramentos da guerra comercial entre EUA e China.

Leia também:

Vale, Itaú e Bradesco sobem

Entre os destaques da Bolsa, registraram alta a mineradora Vale (+1,26%), o Itaú Unibanco (+0,69%), o Bradesco (+0,63%) e as ações ordinárias da Petrobras, com direito a voto em assembleia (+0,24%).

Por outro lado, fecharam em queda os papéis preferenciais da Petrobras, com prioridade na distribuição de dividendos (-0,54%), e o Banco do Brasil (-2,66%).

Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Pesquisa eleitoral

Investidores especulavam após a divulgação de uma nova pesquisa de intenção de votos para a Presidência. Pelo levantamento feito pelo instituto MDA e encomendado pela CNT (Confederação Nacional de Transportes), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a disputa presidencial, com 37,3% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro (PSL), com 18,8%.

Geraldo Alckmin (PSDB), preferido do mercado por ser considerado mais preocupado com as contas públicas, aparece em quarto lugar na pesquisa, com 4,9% das intenções de voto. Marina Silva (Rede) é a terceira colocada, com 5,6%. Resultados de pesquisa normalmente causam preocupação no mercado e abrem espaço para especulação.

Depois do fechamento dos mercados nesta sessão, deve ser divulgada outra pesquisa, dessa vez do Ibope, e na madrugada de quarta-feira (22) deve sair a nova pesquisa do Datafolha.

(Com Reuters)

Cotações