PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Fundos imobiliários premiados apostaram em hotéis com vários donos

Exclusivo para assinantes UOL
Juliana Mello

Juliana Mello

Sócia-diretora de Novos Negócios e Distribuição na Fortesec, empresa financeira especializada em investimentos imobiliários

22/03/2021 04h00

Apesar dos desafios enfrentados ao longo do ano passado por conta da pandemia, que abalou os mercados globais, os fundos imobiliários de papel, aqueles focados em títulos de renda fixa atrelados ao setor, conseguiram se destacar e chamaram a atenção dos investidores. Em geral, mostraram-se resilientes em um momento marcado pela volatilidade dos ativos —ou seja, pelo sobe e desce dos fundos.

Não por acaso, alguns fundos com essa estratégia apresentaram os melhores retornos em 2020 e foram inclusive premiados. Entre eles, há algo em comum nas carteiras que ajuda a explicar o bom retorno: a presença de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) de multipropriedade.