PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Quanto aplicar neste investimento para ter salário de R$ 3.000 ou R$ 10.000

Getty Images
Imagem: Getty Images
só para assinantes
Sílvio Crespo

Sílvio Crespo é sócio do Grana, aplicativo que automatiza o IR de investimentos na Bolsa. Como jornalista de economia, ganhou diversos prêmios, inclusive o de melhor blog de economia do Brasil, concedido pela Case New Holland, pelo antigo blog Achados Econômicos, no UOL. Paralelamente, hoje cursa psicologia na USP.

05/07/2022 04h00

Sabia que é possível usar debêntures para complementar a aposentadoria ou até mesmo viver de renda? As debêntures nada mais são do que um dinheiro que você empresta para uma empresa e depois recebe de volta com juros.

Muitas vezes o rendimento é pago periodicamente - por exemplo, a cada semestre. Nesses casos, basta você fazer o investimento inicial e depois esperar os meses de pagamento, para receber os juros na sua conta corrente, prontos para você gastar. Na coluna de hoje você vai ver quanto precisaria investir em debêntures para ganhar o equivalente a um salário de R$ 3.000, R$ 5.000 e R$ 10.000 por mês.

Também explico como fazer uma conta rápida para você saber quanto deveria aplicar para receber o equivalente ao seu salário atual.

Salário de R$ 3.000 por mês

Para receber, em juros, o equivalente a um salário de R$ 3.000 por mês seria necessário investir entre R$ 500 mil e R$ 750 mil, dependendo da empresa escolhida.

As debêntures da concessionária AB Nascentes das Gerais, por exemplo, pagam juros de 7,09% ao ano, além de corrigir o valor pela inflação. Assim, para se obter uma renda anual de R$ 36 mil, seria necessário investir R$ 508 mil nesse ativo.

A AB Nascente das Gerais é uma concessionária responsável por parte da malha viária de Minas Gerais.

Já os papéis emitidos pela Taesa, que é um dos maiores grupos privados de transmissão de energia elétrica, pagam apenas 4,85% ao ano além da correção inflacionária. Dessa forma, seria necessário um investimento de R$ 742 mil para se obter um retorno de R$ 36 mil por ano, o que dá R$ 3.000 por mês, em média.

Estes foram dois exemplos extremos, que eu quis apresentar para você ter uma ideia do máximo e do mínimo que você pode esperar desse tipo de ativo.

A título de comparação, optando pelo Tesouro Direto, seria necessário investir cerca de R$ 900 mil para obter o mesmo retorno. A diferença é que o Tesouro é muito mais seguro. Aplicando em uma debênture, sempre existe chance de a empresa não conseguir pagar a dívida, e você pode ficar no prejuízo.

Por isso, se for optar pela debênture, é necessário se informar sobre a saúde da empresa escolhida e o risco de ela dar calote.

Salário de R$ 5.000 por mês

Se o seu objetivo é receber R$ 5.000 por mês, o investimento necessário ficaria entre R$ 846 mil e R$ 1,2 milhão.

Esses valores se referem, respectivamente, às debêntures da AB Nascentes da Gerais e da Taesa.

É bom saber, também, que nem todas as debêntures pagam juros desde o início do investimento. As da Taesa, por exemplo, começarão a pagar somente em setembro de 2023.

Salário de R$ 10 mil por mês

Para um salário de R$ 10 mil por mês, a aplicação necessária ficaria entre R$ 1,7 milhão e R$ 2,5 milhões, considerando, novamente, as debêntures da AB Nascentes das Gerais e da Taesa.

Como ganhar o seu salário atual com debêntures

Para saber quanto você teria que investir para receber o equivalente ao seu salário atual, a conta é muito simples.

Basta multiplicar o valor dos seus vencimentos mensais por 169, para simular um investimento na AB Nascentes da Gerais, ou por 247, para uma aplicação na Taesa.

Se quiser ter uma noção aproximada da média de retorno, multiplique por 200.

Por exemplo, se você ganha R$ 4.000 por mês, multiplicando por 200, dá R$ 800 mil, que é quanto você pode conseguir de retorno médio mensal se diversificar os investimentos em várias debêntures diferentes.

Se quiser saber também quanto teria que investir em Tesouro IPCA, multiplique o valor por 300.

Essas contas, no entanto, não valem para sempre. O mercado está sempre mudando e, daqui a alguns meses, os valores poderão estar diferentes.

Alguma dúvida?

Ficou alguma dúvida sobre este artigo ou sobre investimentos em geral? Envie sua pergunta para a minha conta no Instagram. Sua questão poderá ser respondida nesta coluna em breve.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.