PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Megafusão entre Hapvida e Intermédica impulsiona ações; leia análise

Conteúdo exclusivo para assinantes

Felipe Bevilacqua

06/01/2022 10h58

Hoje comentaremos a aprovação sem restrições da fusão entre Hapvida e Intermédica pelo Cade e a venda de 14,5 milhões de ações de uma controlada da Tencent.

Confira a seguir o comentário de Felipe Bevilacqua, analista e sócio-fundador da casa de análise Levante Ideias de Investimento, sobre essas movimentações. Todos os dias, Bevilacqua traz notícias e avaliações de empresas de capital aberto para você tomar as melhores decisões de investimento. Este conteúdo é acessível para os assinantes do UOL. O UOL tem uma área exclusiva para quem quer investir seu dinheiro de maneira segura e lucrar mais do que com a poupança. Conheça!

Fusão entre Hapvida e Intermédica é aprovada sem restrições

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou, sem restrições, a megafusão entre as operadoras de saúde Hapvida (HAPV3) e Intermédica (GNDI3). A aprovação já era esperada pelo mercado, e o fechamento da operação deverá ocorrer em fevereiro.

A fusão entre as companhias dá origem a uma operadora com aproximadamente 14 milhões de usuários de planos de saúde e odontológicos, correspondendo a 18% do mercado. Além disso, a operação foi favorecida pelo fato de as empresas serem similares em modelo de atuação, somente com regiões de atuação distintas. A Hapvida é mais forte nas regiões Norte e Nordeste, enquanto a Intermédica tem presença mais forte no Sudeste.

Após a aprovação do Cade, esperamos um impacto positivo nas ações das empresas no curto prazo, mesmo com o cenário de alta dos juros e questões fiscais impactando negativamente os papéis do setor. Era esperado algum remédio do Cade em regiões que a atuação das companhias se sobrepõe, porém a fusão sem restrições poderá gerar mais de R$ 500 milhões em economia.

A fusão das operadoras resultará em uma das maiores empresas verticalizadas do setor em todo o mundo. Além disso, apesar de desafios importantes para integração das organizações que serão enfrentados pelos administradores, a combinação de negócios entre elas baseia-se em fundamentos estratégicos, como a possibilidade de:

  • integração da vasta gama de produtos e estruturas hospitalares;
  • redução dos custos operacionais;
  • aproveitamento de potenciais sinergias decorrentes da complementariedade geográfica de atuação das duas companhias.

Tencent vende participação em sua controlada de jogos e comércio eletrônico

Gigante do mundo de games e redes sociais chinesa, a Tencent (TCEHY) vendeu aproximadamente 14,5 milhões de ações da SEA, sua controlada do mundo de jogos e comércio eletrônico. O valor por ação foi de US$ 208, correspondendo a um montante aproximado de US$ 3 bilhões.

A operação reduziu a participação da Tencent na SEA de 21,3% para 18,7%. A estratégia está alinhada com os planos da companhia, que ainda pretende manter no longo prazo uma participação substancial em sua controlada.

No curto prazo, acreditamos que a venda parcial de participação da Tencent na SEA seja positiva, já que a redução destrava valor para as ações no mercado e capta recursos para financiar outros investimento e iniciativas sociais.

Além disso, a companhia anunciou, há algumas semanas, a distribuição de cerca de 457 milhões de ações ordinárias classe A da JD.com em forma de dividendo único aos seus acionistas. Dessa forma, a expectativa que temos é que a Tencent continue com as estratégias para destravar e gerar valor aos acionistas em meio às dificuldades encontradas na economia chinesa.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo analista Felipe Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

PUBLICIDADE