PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Veja três assuntos que podem influenciar a Bolsa hoje

Conteúdo exclusivo para assinantes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/01/2021 08h00

Confira no Café com Mercado, do UOL Economia+, três assuntos a que o investidor da Bolsa deve ficar atento hoje.

1) Vacinação no Brasil

Os investidores continuam monitorando o avanço de covid-19 ao redor do mundo. Na semana passada, São Paulo teve a pior semana da doença, segundo o secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn. Houve pico diário de 11,3 mil novos casos, com aumento de 59% de mortes em relação à última semana de dezembro.

Enquanto a vacina não for aplicada em massa no país, o acompanhamento do número de casos é essencial para monitorar a necessidade ou não de novos lockdowns.

Além disso, a velocidade com que as vacinas serão distribuídas à população será fator decisivo.

2) Aéreas e turismo se destacam

As ações das empresas de turismo, como a CVC (CVCB3), e aéreas, como Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4), apresentaram forte movimentação ontem. A cotação da Azul, por exemplo, chegou a subir 5% no início do dia, mas fechou com alta de +1,82%.

Segundo Flávio Conde, head de análise da Inversa, esses setores devem continuar apresentando grande movimentação até que o processo de vacinação esteja em um estado mais avançado, que é quando o turismo e as viagens de trabalho devem efetivamente voltar a acontecer em grande escala.

Por isso, o analista chama a atenção para que os investidores iniciantes tenham cuidado com esses papéis neste momento, com oportunidades apenas para os investimentos de longo prazo (mais de seis meses).

3) Minério de ferro disparou

Os contratos futuros de minério de ferro na China se aproximaram de recordes ontem, o que fez com que as ações de Vale (VALE3) e Usiminas (USIM5) chegassem a subir 2% ao longo do dia.

Para Conde, o minério está em um ciclo de alta, e isso deve puxar as ações de empresas de mineração (Vale) e siderurgia (Usiminas e Gerdau).

Fique de olho

De acordo com a casa de análise Recomenda Ações, o investidor deve colocar no radar para o longo prazo as ações da Taesa (TAEE11), campeã em 2020 de pagamento de dividendos. É uma das maiores empresas brasileiras de transmissão de energia elétrica. Ela distribuiu R$ 54,2 milhões de JSCP (juros sobre o capital próprio) aos acionistas.

No terceiro trimestre de 2020, a Taesa apresentou em seus resultados um lucro líquido de R$ 631,9 milhões, alta de 76,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo a casa de análise.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE