PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Bonificação de ações é um rendimento? Tenho de declarar no IR 2021?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Do UOL, em São Paulo

22/04/2021 04h00

Em período de declaração do Imposto de Renda (IR), os investidores têm muitas dúvidas sobre como declarar suas aplicações. Uma delas é sobre bonificação de ações: é um rendimento? Incide Imposto de Renda? Como declarar? Essas dúvidas foram respondidas no Papo com Especialista, programa ao vivo e semanal do UOL Economia+.

No programa, o economista César Esperandio explicou que, assim como os dividendos, as bonificações de ações são mais uma forma de provento ao acionista. Quando uma empresa bonifica o investidor com ações, ela está distribuindo, gratuitamente, mais papéis aos investidores. Isso acontece quando a empresa tem lucro.

Na live, o economista explicou qual a vantagem de ter bonificações e como elas devem ser comunicadas à Receita Federal. Confira abaixo a resposta.

O Papo com Especialista é transmitido sempre às quartas-feiras, das 12h30 às 13h30, na página inicial do UOL e do UOL Economia+. O vídeo é exclusivo para assinantes e fica disponível para consulta.

Bonificações são rendimentos isentos de IR

Segundo Esperandio, a distribuição de bonificações é uma ação espontânea das empresas. "Isso é gratuito, e você recebe proporcional à sua participação acionária", disse.

"O principal benefício das bonificações é que, na próxima distribuição de dividendos [lucro] aos acionistas, você receberá em cima de uma base acionária maior", afirmou.

Esperandio disse que o investidor precisa, sim, declarar as bonificações no IR, mas não pagar o Imposto de Renda. "As bonificações são rendimentos isentos, não tributáveis. Mas é preciso declarar o preço médio dessas ações bonificadas", afirmou.

Na declaração do Imposto de Renda, você deve incluir a sua nova base acionária na ficha "Bens e Direitos" e especificar esse novo número de ações, segundo o economista.

Quer investir melhor? Receba dicas em seu email

Você quer aprender a ganhar dinheiro com segurança em investimentos no curto, médio e longo prazo, mesmo que nunca tenha investido?

O UOL Economia+ tem uma newsletter que o ajuda nesse objetivo. Ao assinar a newsletter, você recebe de graça e semanalmente uma dica resumida sobre como aplicar melhor e com segurança seu dinheiro (abra este link, procure o título "UOL Economia+" e clique em "Cadastrar").

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.