PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Fundo de criptomoedas alcança R$ 1 bilhão na Bolsa em uma semana

Exclusivo para assinantes UOL

Roberto de Lira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/05/2021 16h31

O HASH11, primeiro fundo de índice (ETF) lastreado em criptomoedas negociado na Bolsa brasileira atingiu patrimônio de R$ 1 bilhão apenas uma semana pós seu lançamento. Com isso, tornou-se o terceiro maior ETF listado na B3, com mais de 61,5 mil cotistas.

O fundo "espelha" o desempenho do Nasdaq Crypto Index (NCI), índice desenvolvido em conjunto pela gestora brasileira Hashdex e pela Nasdaq. Além das conhecidas criptomoedas bitcoin e ethereum, o ETF inclui outros ativos como stellar, litecoin, bitcoin cash e chainlink.

Essas "moedas" não existem na forma física. São registros digitais que não dependem de bancos para sua custódia ou verificação das transações e que são protegidos por mecanismos de criptografia avançada. Entenda o que dizem os analistas sobre o fundo.