PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Confira as 10 ações mais indicadas por analistas nesta semana

Exclusivo para assinantes UOL

Márcio Anaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/05/2021 04h00

Esta terceira semana de maio mostra grande dispersão nas ações recomendadas pelas corretoras. De um total de 30 empresas selecionadas por analistas de sete instituições, nenhuma recebeu mais de duas indicações de investimento.

O grupo das que registraram dois apontamentos para seus papéis reúne dez companhias, conforme monitoramento realizado pelo UOL Economia+.

  • Conheça o UOL Economia+, serviço completo de orientação financeira do UOL para assinantes.

Veja as principais indicações da semana (de 17 a 21/5)*:

  • Alpargatas PN (ALPA4): 2 recomendações
  • B3 (B3SA3): 2 recomendações
  • BTG Pactual Unit (BPAC11): 2 recomendações
  • Itaúsa PN (ITSA4): 2 recomendações
  • Localiza (RENT3): 2 recomendações
  • Petrobras PN (PETR4): 2 recomendações
  • PetroRio (PRIO3): 2 recomendações
  • Randon PN (RAPT4): 2 recomendações
  • Rumo (RAIL3): 2 recomendações
  • Vale (VALE3): 2 recomendações

*Levantamento feito com base nas carteiras recomendadas pelas seguintes instituições: Ativa Investimentos, Elite Investimentos, Guide Investimentos, Mirae Asset Corretora, MyCap Investimentos, Terra Investimentos e XP Investimentos.

Petrobras volta aos destaques

A tendência de maior diversificação das ações recomendadas por especialistas, vista recentemente no acompanhamento periódico feito pelo UOL Economia+, ficou mais nítida nas carteiras divulgadas nesta semana.

No total, dez papéis terminaram empatados como destaques, cada um com apenas duas indicações de investimento: Alpargatas PN (ALPA4), B3 (B3SA3), BTG Pactual Unit (BPAC11), Itaúsa PN (ITSA4), Localiza (RENT3), Petrobras PN (PETR4), PetroRio (PRIO3), Randon PN (RAPT4), Rumo (RAIL3) e Vale (VALE3).

Nesse grupo, chama atenção a volta das ações preferenciais (PNs) da gigante de petróleo Petrobras entre as mais citadas. A estatal foi a única novidade escolhida pela Mirae Asset Corretora para compor sua seleção nesta semana —no lugar dos papéis preferenciais classe A (PNAs) da petroquímica Braskem—, e se manteve na lista da XP Investimentos.

Na semana passada, a Petrobras divulgou um lucro líquido consolidado de R$ 1,17 bilhão no primeiro trimestre do ano, revertendo prejuízo de R$ 48,5 bilhões apurado em igual período de 2020.

Em relatório, a Mirae afirma que o resultado operacional da companhia foi mais forte do que o esperado, beneficiado principalmente pelo aumento de preços e por impactos nos estoques. "No período, ocorreram paradas para manutenção e esperamos que a produção dos trimestres seguintes aumente", diz a instituição.

Durante entrevista coletiva sobre o balanço, a Petrobras afirmou que seguirá buscando um alinhamento de preços dos combustíveis ao mercado internacional.

Carteiras semanais têm 15 mudanças

No total, as corretoras monitoradas pelo UOL Economia+ realizaram nesta semana 15 mudanças nas carteiras recomendadas de ações, frente ao período imediatamente anterior.

A líder em alterações foi a Ativa Investimentos, que trocou todos os cinco ativos na revisão de seu portfólio.

A Elite Investimentos e a MyCap substituíram três companhias cada uma, enquanto a Guide Investimentos promoveu duas mudanças. A Mirae e a XP Investimentos realizaram apenas uma troca.

Pela segunda semana consecutiva, a Terra Investimentos optou por manter suas indicações.

Alterações e portfólios completos indicados

Ativa Investimentos

Obs: trocou todas as ações em relação à semana passada.

Elite Investimentos

Guide Investimentos

Mirae Asset Corretora

MyCap Investimentos

Terra Investimentos

Obs: não houve alterações em relação à semana passada.

XP Investimentos

O preço e o desempenho das ações podem ser conferidos na página de cotações do UOL Economia.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.