PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

PIB dos EUA e outros três assuntos que podem afetar o mercado hoje

Exclusivo para assinantes UOL

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/05/2021 04h00

Confira no Café com Mercado, do UOL Economia+, quatro assuntos que podem movimentar a Bolsa nesta quinta-feira (27) e duas ações para ficar de olho.

1) PIB dos EUA - No cenário internacional, teremos hoje a divulgação da segunda estimativa do PIB dos EUA referente ao primeiro trimestre do ano. Na primeira estimativa, o PIB norte-americano havia avançado 6,4%, acima da expectativa do mercado.

O indicador mostra o crescimento econômico da maior economia do mundo e deve movimentar a Bolsa hoje.

2) Desemprego nos EUA - Ainda nos EUA, como acontece toda quinta-feira, será divulgado às 9h30 o número de novos pedidos de seguro-desemprego da última semana.

A publicação é um indicador do reaquecimento do mercado de trabalho do país e ajuda os investidores a entender como está a renda da população norte-americana.

3) Desemprego no Brasil - O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga hoje os dados sobre o desemprego no Brasil.

A pesquisa mostra a taxa de informalidade, o número de empregados com carteira assinada, de pessoas que desistiram de procurar trabalho, de trabalhadores por conta própria e também mostra o rendimento médio da população.

Os dados permitem entender mais profundamente a situação do emprego no país e a capacidade de consumo da população.

4) Indústria - A FGV (Fundação Getulio Vargas) divulga nesta quinta (27) dados sobre a indústria brasileira referentes ao mês de maio. A sondagem levanta dados sobre investimentos no negócio e contratação de mão de obra. O relatório ainda busca entender como está a situação dos negócios e o volume de produção.

O setor está perdendo participação no PIB, mas ainda é um dos mais importantes do país, e os números podem influenciar as decisões das empresas.

Fique de Olho

Para o Fique de Olho de hoje, a casa de análises Recomenda Ações traz o Carrefour (CRFB3) como oportunidade para os investidores de curto e médio prazo. A empresa apresentou lucro bruto de R$ 1,1 bilhão no primeiro trimestre do ano e crescimento de 23,4% nas vendas.

Além de a companhia estar com preço atual longe do seu preço justo, a empresa é uma boa pagadora de dividendos.

Já o analista do BTG Pactual digital Lucas Claro traz para o radar dos investidores a Azul (AZUL4), cujas ações recuperaram a força após cinco meses praticamente paradas. Na quarta (26), as ações da companhia dispararam 11,31% diante de rumores de que a Azul compraria a Latam —fato ainda não confirmado pela empresa.

O analista destaca a capacidade de recuperação da Azul, que, mesmo após um 2020 difícil, já apresenta volume de voos domésticos nos mesmos níveis de 2019.

Além disso, o avanço da vacinação em massa e a reabertura das economias, que antecipam a volta dos voos comerciais, são um fator positivo para a empresa.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.