PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

As 7 ações mais indicadas por especialistas nesta semana; Vale segue líder

Conteúdo exclusivo para assinantes

Márcio Anaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/08/2021 04h00

Em uma semana de poucas mudanças nas carteiras de ações recomendadas por corretoras, a Vale (VALE3) segue como principal aposta dos analistas. Mesmo diante das quedas vistas recentemente no preço do minério de ferro (principal produto comercializado pela empresa), os papéis da Vale se mantêm com três indicações de investimento, de um total de sete instituições pesquisadas pelo UOL.

Outras seis companhias completam a lista de destaques nesta semana, todas com duas indicações dos especialistas. Veja abaixo as principais escolhas da semana (de 23 a 27/8)*:

  • Vale (VALE3): 3 recomendações
  • B3 (B3SA3): 2 recomendações
  • Banco Inter Unit (BIDI11): 2 recomendações
  • Gerdau PN (GGBR4): 2 recomendações
  • Petrobras PN (PETR4): 2 recomendações
  • SulAmérica Unit (SULA11): 2 recomendações
  • Vamos (VAMO3): 2 recomendações

*Levantamento feito com base nas carteiras recomendadas pelas seguintes instituições: Ativa Investimentos, Elite Investimentos, Guide Investimentos, Mirae Asset Corretora, MyCap Investimentos, Terra Investimentos e XP Investimentos.

Vale mantém atratividade, apesar das turbulências

O horizonte de alta nos preços do minério de ferro, um dos principais motivos para o bom desempenho das ações da Vale, dá sinais de mudança no curto prazo, mas o movimento até agora não reduziu a atratividade da companhia.

Recentemente, as incertezas em relação ao nível de demanda da commodity por parte da China, maior produtora de aço do mundo, fizeram com que os contratos futuros do minério negociados em Dalian registrassem baixa pela quinta semana consecutiva.

Na última segunda (23), verificou-se nova queda, com o contrato mais negociado do minério de ferro em Dalian (para janeiro de 2022) terminando o dia com recuo de 1,1%. Com isso, as cotações rondam a mínima de sete meses e meio.

Apesar do ambiente volátil, as ações da Vale permanecem nos portfólios indicados pela Elite Investimentos, Guide e Mirae Asset Corretora para esta semana.

"Mesmo com a recente queda do preço do minério de ferro, ainda apontamos que o preço da ação [da Vale] se encontra extremamente descontado", afirma a Mirae, em relatório. "A demanda por seus produtos vai seguir forte e sua geração de caixa se fortalecerá, permitindo pagar novos proventos aos seus acionistas."

As recomendações da Vale se sustentaram também diante de notícias negativas no cenário interno. No dia 18 de agosto, surgiu a notícia de que o Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MP-MG) pediu a desconsideração da personalidade jurídica da Samarco no processo de recuperação judicial da empresa. Com isso, as controladoras Vale e BHP Bilinton teriam que arcar com todas as dívidas da Samarco, que alcançam aproximadamente R$ 50 bilhões.

Em meio às turbulências, a Vale comunicou a assinatura de um memorando de entendimento com a Ternium para desenvolver soluções para a siderurgia focadas na redução das emissões de gás carbônico (CO2).

Segundo comunicado ao mercado, as empresas pretendem desenvolver estudos de viabilidade para investir em uma fábrica de briquetes de minério de ferro localizada nas instalações da Ternium Brasil e em unidades para produzir metálicos com baixa emissão de carbono.

Destaques da semana incluem outras seis empresas

O segundo bloco de destaques da semana nas carteiras recomendadas traz ações de outras seis companhias --todas com duas indicações de investimento, como vem ocorrendo ao longo de agosto.

Com poucas alterações em relação ao último levantamento, o grupo atual reúne novamente os papéis da Bolsa de Valores B3; do Banco Inter; da siderúrgica Gerdau; da gigante de petróleo Petrobras; e da seguradora SulAmérica.

A novidade na lista desta semana fica por conta da empresa Vamos Locação de Caminhões, Máquinas e Equipamentos, cujas ações estrearam nos portfólios elaborados pela Ativa Investimentos e pela MyCap.

Carteiras semanais têm apenas 8 alterações

Nesta reta final de agosto, três das sete instituições monitoradas pelo UOL optaram por repetir as carteiras de ações que haviam indicado na semana passada: Mirae Asset Corretora, Terra Investimentos e XP.

Com isso, houve apenas oito mudanças nos portfólios, de um total de 40 recomendações feitas por analistas.

As corretoras Ativa Investimentos, Elite, Guide e MyCap promoveram duas alterações, cada uma, em suas seleções de ativos.

Alterações e portfólios completos indicados

Ativa Investimentos

Elite Investimentos

  • Incluiu: Banco Inter PN (BIDI4) e Méliuz (CASH3).
  • Retirou: Allied Tecnologia (ALLD3) e Metalúrgica Gerdau PN (GOAU4).
  • Carteira recomendada: Alpargatas PN (ALPA4), Banco Inter PN (BIDI4), M. Dias Branco (MDIA3), Méliuz (CASH3) e Vale (VALE3).

Guide Investimentos

Mirae Asset Corretora

Obs: sem alterações em relação à semana passada.

MyCap Investimentos

Terra Investimentos

Obs: sem alterações em relação à semana passada.

XP Investimentos

Obs: sem alterações em relação à semana passada.

O preço e o desempenho das ações podem ser conferidos na página de cotações do UOL Economia.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE