PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Empresa de autopeças é destaque entre indicações de ações da semana

Conteúdo exclusivo para assinantes

Márcio Anaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/09/2021 04h00

As ações preferenciais (PNs) da Randon (RAPT4), produtora de implementos rodoviários e autopeças, registraram duas recomendações de investimento nesta semana e integram a lista de destaques nas carteiras selecionadas por analistas.

Os papéis da companhia figuram como novidade entre as escolhas da MyCap e foram mantidos no portfólio divulgado pela Mirae Asset Corretora. Ao todo, foram analisadas as recomendações feitas por sete instituições.

Ações de empresa podem subir

Em breve relatório de análise gráfica —que considera os movimentos de sobe e desce das ações nos gráficos —, a MyCap afirma que as ações da empresa seguem com "chance de repique", ou seja, podem subir. Segundo os analistas, os papéis podem buscar uma faixa de preço entre R$ 12,80 e R$ 13 a unidade. Na última terça-feira (28), os ativos fecharam cotados na Bolsa a R$ 11,60.

No caso da Mirae, a avaliação é de que a Randon deve seguir apresentando crescimento nos próximos meses, levando em conta o cenário de safra agrícola e de preços elevados das commodities. A instituição cita ainda a recuperação econômica do país, que deve se refletir em aumento no transporte de cargas, beneficiando a empresa.

Mensalmente, a companhia divulga o comportamento de suas receitas. No último informe ao mercado, realizado no dia 20 de setembro, a Randon apresentou um faturamento líquido consolidado de R$ 847,5 milhões relativos a agosto, com incremento de 70,4% em base anual. No acumulado dos oito primeiros meses do ano, o montante atingiu R$ 5,7 bilhões —com alta de 85,8% frente a igual período de 2020.

No mês passado, a empresa revisou suas projeções de receita e de investimentos neste ano. A estimativa de faturamento líquido consolidado subiu 25%, para R$ 8,5 bilhões, enquanto a previsão de investimentos orgânicos foi elevada em 28%, devendo totalizar R$ 320 milhões.

Méliuz lidera exclusões na semana

As ações da Méliuz, empresa de tecnologia especializada em cashback e cupons de desconto, deixaram de fazer parte de duas carteiras recomendadas e lideram as exclusões nesta semana.

Os papéis foram substituídos nos portfólios elaborados pela Elite Investimentos, dando lugar à Petrobras; e pela MyCap, que optou pela Wiz, uma empresa de gestão de canais de distribuição de seguros e produtos financeiros.

Empresas hospitalares e de diagnósticos deixam lista geral

As companhias Fleury e NotreDame Intermédica, ambas do setor de serviços médico-hospitalares, análises e diagnósticos, foram excluídas nesta semana da relação geral de ações indicadas por especialistas, segundo acompanhamento do UOL.

Os papéis do Fleury saíram do portfólio elaborado pela Terra Investimentos, enquanto os da Intermédica deixaram de fazer parte da carteira de análise gráfica top picks da XP.

Confira outros destaques e as carteiras completas recomendadas para esta semana. Os códigos e preços das ações podem ser conferidos na página de cotações do UOL Economia.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE