PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Acaba hoje prazo para reservar ação da Eletrobras; tire dúvidas

Confira próximos passos da privatização, como fazer a reserva e quanto pode investir - Reuters
Confira próximos passos da privatização, como fazer a reserva e quanto pode investir Imagem: Reuters
Conteúdo exclusivo para assinantes

Do UOL, em São Paulo

08/06/2022 04h00

Acaba nesta quarta-feira (8) o período de reserva e adesão de investidores interessados em comprar ações da Eletrobras no processo de privatização da empresa, usando ou não o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O prazo tinha começado na última sexta-feira (6).

Os trabalhadores poderão usar até 50% do saldo do FGTS para comprar ações (leia aqui o passo a passo, se vale a pena e quais os cuidados). O documento da oferta da Eletrobras define que até R$ 6 bilhões vindos do fundo poderão ser utilizados na oferta. Confira as próximas etapas da privatização, como fazer a reserva e quanto pode investir.

Quais os prazos da venda de ações?

  • Nesta quarta-feira (8) acaba o período de reserva o período de reserva e adesão dos investidores para comprar ações, inclusive com FGTS;
  • Amanhã, quinta-feira (9), será encerrado o bookbuilding, avaliação do interesse nas ações e definição de seu preço;
  • Na próxima segunda-feira (13/6) as ações passam a ser negociadas na Bolsa de Valores brasileira (B3)

Quanto posso investir?

O investidor que optar por usar recursos do FGTS terá um limite de até 50% do saldo que possui em todas as contas. O valor mínimo para investir com FGTS é de R$ 200.

Para quem investir sem o FGTS, o valor mínimo é de R$ 1.000 e o máximo é de R$ 1 milhão.

Onde faço a reserva e compra de ações com FGTS?

Para usar parte do FGTS na operação, siga esses passos:

  • No app da Caixa (Android ou iOS), indique a instituição financeira que poderá acessar a conta do FGTS;
  • Na tela inicial do app, clique em "FGTS e INSS";
  • Na tela seguinte, selecione "FGTS";
  • Clique em "Autoriza Agente financeiro FGTS";
  • Selecione a opção "Fundos Mútuos de Privatização" e clicar em "consultar";
  • Escolha a instituição financeira;
  • Abra a conta na instituição financeira escolhida para o fundo Eletrobras e solicite a participação na reserva de ações, informando quanto pretende investir;
  • Para quem já tem conta na instituição financeira que administra o fundo Eletrobras FPM escolhido, é necessário usar o aplicativo criado para essa operação para solicitar a reserva

Já no aplicativo FGTS (Android ou iOS), os passos são esses:

  • Clique no menu "Mais";
  • Selecione a opção "simulador de aplicação no FMP-FGTS";
  • Autorize o fundo FMP-Eletrobras a realizar consulta suas contas FGTS e efetuar reserva da aplicação;
  • Leia e aceite os termos;
  • Na página seguinte, é a vez de selecionar uma administradora

A transferência será feita conforme o valor solicitado e a quantidade de ações disponíveis para cada interessado.

Como fazer a reserva:

  • No aplicativo da Caixa, clique na opção "investimentos";
  • Na tela seguinte, selecione "Reserva FMP";
  • Clique na opção "Recursos FGTS";
  • Aparecem as contas do FGTS disponíveis e valor máximo que pode ser aplicado de cada uma delas;
  • Clique para continuar;
  • Habilite a conta (ou as contas) que vai usar nessa aplicação e clique em "Continuar";
  • Informe o valor a investir e clique em "Próximo"
  • Leia e concorde com os termos de adesão e selecione "Continuar";
  • Insera sua assinatura eletrônica e a reserva estará feita

Se a quantidade de reservas solicitadas superar a quantidade de ações à venda, haverá um rateio entre os interessados.

Fundos Eletrobras criados até 03.06, com suas taxas de administração:

  • Daycoval Eletrobras FMP FGTS: 0%
  • Safra Eletrobras FMP FGTS: 0,15%
  • Safra Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,15%
  • Guide Eletrobras FMP FGTS: 0,15%
  • BTG Pactual Reference Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Caixa Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Caixa Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Genial Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Genial Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Itaú Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Itaú Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • BB Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • BB Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • XP Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • XP Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Santander Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Santander Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • BNB Eletrobras FMP FGTS: 0,20%
  • Bradesco Eletrobras FMP FGTS: 0,40%
  • Bradesco Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,40%
  • Alfa I Eletrobras FMP FGTS: 0,45%
  • Alfa II Migração Eletrobras FMP FGTS: 0,45%

Fonte: Plataforma de dados e informações financeiras Quantum Finance

Em meio à forte competição, vários bancos e corretoras vêm reduzindo as taxas de administração nos últimos dias. Até a primeira quarta-feira de junho (1º), as alíquotas iam de 0% a 0,50%; na sexta-feira da mesma semana (3), chegaram a 0,45%, com a maior parte delas na faixa de 0,20%. Os valores ainda podem mudar de novo nos próximos dias. Importante o cliente consultar a gestora e comparar as taxas com a concorrência.

Dois tipos de fundo

Existem dois tipos de fundo sendo usados no processo.

Fundos Mútuos de Privatização Eletrobras (FMP Eletrobras): para quem vai usar o dinheiro que está nas contas do FGTS do trabalhador. Ou seja, o dinheiro vai sair diretamente do FGTS para o fundo de investimento.

Fundos Migração: para quem quer usar dinheiro que está aplicado nos fundos FGTS Petrobras e FGTS Vale. Isto é, para o caso de quem já investiu uma parte do FGTS, lá atrás, em ações da Petrobras ou da Vale.

Fora essa diferença —de onde vem o dinheiro do aplicador—, esses dois tipos de fundo vão funcionar da mesma forma: para investir apenas nas ações da Eletrobras vendidas pelo governo agora.

As ações da Eletrobras que já são negociadas em Bolsa ou que pertençam a outros acionistas não poderão entrar nesses fundos.

Posso desistir da compra de ações?

Uma vez feita a reserva, o investidor não poderá voltar atrás. A transferência será feita conforme o valor solicitado e a quantidade de ações disponíveis para cada interessado.

Meu dinheiro do FGTS que for investido fica preso?

A aplicação via FGTS tem um período de obrigatoriedade para que o investidor permaneça com os papéis, o chamado lock-up. Durante 12 meses, não poderá usar o dinheiro.

Durante esse período de carência, os valores poderão ser resgatados nas hipóteses de demissão, aposentadoria, falecimento, uso para moradia, três anos sem registro em carteira, doenças graves, trabalhador que completa 70 anos e calamidade pública.

Posso comprar ações sem usar o FGTS?

Sim, basta ter conta em corretora ou banco e fazer o pedido de reserva como em outras ações na Bolsa.

Como será definido o preço da ação?

O preço da ação é definido no bookbuilding, um processo que avalia como está o interesse do mercado na empresa que vai lançar ações. A partir disso, é estabelecido o preço daquela companhia.

O valor de referência para as ações da Eletrobras ficou em R$ 44 na semana passada. A perspectiva é que a oferta de ações movimente algo entre R$ 30 bilhões a R$ 35 bilhões.

Quais as vantagens de usar FGTS para investir na Eletrobras?

As ações da Eletrobras podem dar ganhos maiores que os do FGTS.

O FGTS é uma aplicação de renda fixa. O ganho é fixado em 3% ao ano mais a TR (Taxa Referencial). Pode haver um acréscimo, se houver distribuição de resultados, o que não é uma regra.

As ações representam uma forma de aplicação em renda variável. As ações da Eletrobras do tipo ordinárias, as que poderão ser adquiridas com o FGTS, apresentam valorização de 26% neste ano, desde 3 de janeiro até a última segunda-feira (6). Mas no acumulado em 12 meses, essa ação tem uma perda de 7,9%.

Quais os riscos de colocar o FGTS em ações?

O potencial de ganho é maior que o oferecido pela renda fixa, mas também há mais risco no investimento. Por isso, o aplicador deve considerar quatro pontos antes de transferir dinheiro do FGTS para um fundo de Eletrobras.

Reserva de emergência: o FGTS funciona como uma reserva de emergência, que ajuda as pessoas a atravessarem situações difíceis, como o desemprego. A pessoa deve então pesar se pode usar essa reserva para investir em algo arriscado.

Liquidez: ao comprar ações da Eletrobras com dinheiro do FGTS nessa operação, o trabalhador terá que ficar com o papel por 12 meses. É o chamado período de lock-up. Só depois desse período, a pessoa pode resgatar o dinheiro, que retorna para o saldo do FGTS.

Diversificação: profissionais de mercado recomendam que a pessoa diversifique a carteira de investimentos para evitar que a perda de apenas uma aplicação afete todo o patrimônio. Ou seja: não colocar todos os ovos numa mesma cesta. Mas, ao investir em um fundo FGTS Eletrobras, a pessoa vai aplicar todo o dinheiro em apenas uma ação.

Análises: antes de bater o martelo e autorizar a transferência de parte do FGTS para um fundo Eletrobras, a pessoa deve também buscar informações sobre a empresa, para avaliar melhor se vale a pena investir nesse tipo de companhia, dizem profissionais de mercado.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.