IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

Sem Petrobras: veja 8 ações que podem pagar bem aos investidores este ano

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/05/2023 11h00

No ano passado, a Petrobras pagou dividendos a acionistas num patamar recorde. Isso não vai mais acontecer. Mas essa mudança não significa que aplicar em ações de olho nos dividendos deixou de ser uma boa estratégia.

UOL consultou quatro bancos e casas de análise e corretoras para saber quais são as ações que devem pagar bons dividendos para os investidores em 2023.

O que são dividendos

Os dividendos são a parcela do lucro líquido que as empresas distribuem diretamente aos seus acionistas. Eles caem diretamente na conta e não têm tributação do Imposto de Renda.

O dividend yield (DY) é um indicador que mede o rendimento de uma ação apenas com o pagamento de dividendos. Ele é calculado a partir do valor de dividendos pagos pela empresa dividido pelo preço da ação.

Quais ações serão as maiores pagadoras de dividendos em 2023

  1. Banco do Brasil (BBAS3) - DY estimado de 3% a 11,4% - recomendada por MyCap, BTG, Mirae e Guide.
  2. Vale (VALE3) - DY estimado de 10% a 15,9% - recomendada por Mirae/ BTG/ Guide
  3. Gerdau (GGBR4) - DY estimado de 14,40% a 18% -recomendada por BTG e MyCap
  4. Telefonica (VIVT3) DY estimado de 3% a 5,20% - recomendada por MyCap e Guide
  5. ISA CTEEP (TRPL4) DY estimado 9,6% - recomendada por BTG e Mirae
  6. BB Seguridade (BBSE3) DY estimado 9,7%- recomendada por BTG e Mirae
  7. CPFL Energia CPFE3 DY estimado 12% - recomendada por Guide e Mirae
  8. Itaúsa (ITSA4) DY estimado 4,50% - recomendada por Mycap e Mirae

Por que essas empresas devem pagar bons dividendos

Empresas grandes e consolidadas não precisam mais investir para crescer. Por isso, podem pagar bons dividendos, explica o analista Gabriel Gracia, também da Guide Investimentos.

Essas empresas faturam alto. No caso das companhias de energia, elas têm a proteção de terem as tarifas corrigidas pela inflação.

Banco do Brasil é a ação mais recomendada. BB pode pagar bem o acionista porque é um dos bancos que têm a menor taxa de inadimplência do mercado.

Dividendo pode ser bilionário. Considerando a estimativa do banco estatal de um lucro de R$ 33 a R$ 37 bilhões para este ano, isso significa que o valor pago em forma de dividendos pode chegar a R$ 14 bilhões. Na última vez que o BB pagou dividendos, em março, referente ao último trimestre de 2022, o valor foi de R$ 0,24 por ação em dividendos e de R$ 0,59 correspondentes a Juros sobre Capital Próprio (JCP, uma forma similar de pagar dividendos, mas com cobrança de Imposto de Renda para quem recebe).

BB Seguridade sai ganhando por conta dos juros. Como ela precisa ter uma reserva alta para pagar pelos sinistros, esse dinheiro rende mais com os juros. Isso leva a empresa a ter um bom resultado financeiro.

E a Petrobras, por que não está a lista?

Em 2022, a estatal foi considerada uma das maiores pagadoras de dividendos do mundo. A Petrobras distribuiu R$ 194,6 bilhões aos seus acionistas - incluindo o governo federal.

Este ano, o valor deve cair. Ela deve pagar R$ 35,8 bilhões. Cada ação da empresa deverá remunerar R$ 2,7457. "A Petrobras tem capacidade para continuar e pagar dividendos robustos, considerando a base de ativos de petróleo de alta qualidade e as reservas de longa duração da empresa", diz Ilan Furman, diretor de tecnologia da informação da BridgeWise, startup israelense, que fornece tecnologia para análise de ações em bolsas do mundo todo.

Cenário para a empresa mudou. No passado, a companhia distribuiu altos dividendos por conta da alta do preço do petróleo, vendas de certos ativos e governança a favor da distribuição. "Contudo, o ciclo de alta das commodities (produtos básicos, como petróleo) chegou ao fim. O preço do barril de petróleo já prevê queda nos contratos futuros", diz Mateus Haag, analista da Guide Investimentos.

A ação da Petrobras corre o risco de desvalorizar, mesmo que ainda pague bons dividendos.

Renda passiva

Quer saber mais sobre investimentos? O Papo com Especialista terá um grande aulão sobre investimentos inteligentes para quem está começando, a partir do dia 20 de abril. Vamos falar sobre tudo o que você precisa saber para conseguir viver com uma renda dos seus investimentos e ter sempre um dinheiro pingando na sua conta.

Serão quatro aulas, em que vamos tratar de ações que pagam dividendos, fundos imobiliários, títulos de renda fixa e fundos de investimentos. As duas primeiras aulas já estão no ar. A primeira aula pode ser assistida aqui e a segunda, aqui.

As aulas vão poder ser assistidas ao vivo, toda quinta-feira das 16h às 16h40. Assinantes podem reassistir às aulas quantas vezes quiserem. Ao final, os assinantes UOL vão ganhar guia exclusivo sobre como ter renda com seus investimentos. Assine aqui e participe!

Quer investir melhor? Receba dicas em seu email

Você quer aprender a ganhar dinheiro com segurança em investimentos no curto, médio e longo prazo, mesmo que nunca tenha investido?

A página de investimentos do UOL tem uma newsletter gratuita que o ajuda nesse objetivo. Ao assinar, você recebe todos os dias, antes da abertura da Bolsa, uma análise do mercado feita pela equipe do PagBank Investimentos. Com essa newsletter, você vai aprender a investir e entender o que está acontecendo com o mercado.

Além da newsletter diária, você também recebe, semanalmente, uma análise sobre investimentos, com dicas sobre como aplicar melhor e com segurança seu dinheiro. Para assinar a newsletter gratuita de investimentos do UOL, é só clicar aqui. Há ainda conteúdos diários sobre diversos tipos de ativos.

Tem dúvidas sobre ações, fundos e outros investimentos da Bolsa? Envie sua pergunta para uoleconomiafinancas@uol.com.br.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.