Bolsas

Câmbio

Protestos de caminhoneiros: veja situação de aeroportos e voos pelo país

Vinícius Casagrande

Colaboração para o UOL, em São Paulo

O estoque de combustível dos principais aeroportos brasileiros começou a se normalizar nesta quarta-feira (30). As administradoras dos aeroportos de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), e Brasília (DF), que enfrentavam a situação mais crítica nos últimos dias, informaram que receberam novos carregamentos de querosene de aviação e estão com as reservas em níveis normais.

Apesar da melhora na situação, ainda há diversos voos cancelados em todo o Brasil. No entanto, as companhias aéreas afirmam que os cancelamentos estão sendo programados com antecedência, e os passageiros reacomodados em outros voos. A Avianca, por exemplo, já anunciou a lista de 35 voos que serão suspensos até domingo (3).

Leia também:

Entre os 54 aeroportos administrados pela Infraero, oito estão sem combustível nesta quarta-feira (30), segundo o boletim divulgado às 15h pela Infraero. Até as 17h, dos 922 voos programados para operar nos 54 aeroportos administrados pela Infraero, 51 haviam sido cancelados, o que representa 5,53% do total.

Veja a lista dos aeroportos sem combustível:

  • Uberlândia/MG
  • Campina Grande/PB
  • Juazeiro do Norte/CE
  • Palmas/TO
  • Imperatriz/MA
  • Londrina/PR
  • Montes Claros/MG
  • Brigadeiro Protásio, em Belém/PA

"Os aeroportos estão abertos e têm condições de receber pousos e decolagens. Nos terminais em que o abastecimento está indisponível no momento, as aeronaves que chegarem só poderão decolar se tiverem combustível suficiente para a próxima etapa do voo", afirma.

Companhias aéreas

As companhias aéreas afirmam que os passageiros afetados com a situação podem remarcar o voo, sem custo adicional. A recomendação aos passageiros é procurar as companhias aéreas para consultar a situação dos voos antes de ir para o aeroporto.

Avianca

A Avianca anunciou a relação de voos cancelados pela companhia até o próximo domingo (3). A empresa afirma que "os cancelamentos realizados foram necessários para garantir, acima de tudo, a segurança das operações". São 14 voos nesta quarta-feira (30), três na quinta-feira (31), oito voos programados para sexta-feira (1º), nove para sábado (2) e um para domingo (3).

"Todos os passageiros impactados pelos cancelamentos ou que tenham viagens programadas até o dia 3 de junho e desejam alterar a data podem entrar em contato com a companhia pelos números 4004-4040 ou 0300 789 8160, para a remarcação de suas passagens em novos voos, com embarques até o dia 9 de junho, sem cobrança de taxa, nem pagamento de diferenças tarifárias", afirma a empresa.

Voos cancelados para quarta-feira (30)

  • O6 6000 Congonhas – Santos Dumont
  • O6 6001 Santos Dumont – Congonhas
  • O6 6003 Santos Dumont – Congonhas
  • O6 6060 Congonhas – Brasília
  • O6 6061 Brasília – Congonhas
  • O6 6153 Galeão – Guarulhos
  • O6 6250 Guarulhos – Galeão
  • O6 6041 Salvador – Guarulhos
  • O6 6040 Guarulhos – Salvador
  • O6 6045 Salvador – Guarulhos
  • O6 6323 Recife – Guarulhos
  • O6 6002 Congonhas – Santos Dumont
  • O6 6050 Guarulhos – Salvador
  • O6 6055 Salvador – Guarulhos

Voos cancelados para quinta-feira (31)

  • O6 6040 Guarulhos – Salvador
  • O6 6045 Salvador – Guarulhos
  • O6 6271 Galeão – Fortaleza

Voos cancelados para sexta-feira (1º)

  • O6 6270 Fortaleza – Galeão
  • O6 6200 Galeão – Salvador
  • O6 6213 Salvador – Galeão
  • O6 6298 Galeão – Porto Alegre
  • O6 6299 Porto Alegre – Galeão
  • O6 6390 Guarulhos – Fortaleza
  • O6 6391 Fortaleza – Guarulhos
  • O6 6316 Guarulhos – Recife

Voos cancelados para sábado (2)

  • O6 6279 Recife – Galeão
  • O6 6200 Galeão – Salvador
  • O6 6213 Salvador – Galeão
  • O6 6257 Galeão – Guarulhos
  • O6 6288 Galeão – Foz do Iguaçu
  • O6 6289 Foz do Iguaçu – Galeão
  • O6 6268 Galeão – Recife
  • O6 6269 Recife – Galeão
  • O6 6271 Galeão – Fortaleza

Voo cancelado para domingo (3)

  • O6 6270 Fortaleza – Galeão

Latam

A Latam cancelou dez voos que estavam programados para operar nesta quarta-feira (30). Seis deles têm como origem ou destino o aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

A Latam afirma que, "apesar de a maior parte da sua operação estar dentro da normalidade, cancelamentos pontuais podem acontecer em razão do desabastecimento de combustível. Nestes casos, os passageiros impactados poderão remarcar os seus bilhetes sem custo".

Já os passageiros que tiveram o voo confirmado mas não que conseguirem chegar ao aeroporto precisam pagar pela remarcação da passagem.

Veja os voos cancelados nesta quarta-feira:

  • LA3001: São Paulo/Congonhas – Curitiba
  • LA3004: Curitiba – São Paulo/Congonhas
  • LA3115: São Paulo/Congonhas – Belo Horizonte/Confins
  • LA3114: Belo Horizonte/Confins – São Paulo/Congonhas
  • LA3916: São Paulo/Congonhas – Rio de Janeiro/Santos Dumont
  • LA3923: Rio de Janeiro/Santos Dumont – São Paulo/Congonhas
  • LA3624: São Paulo/Guarulhos – Porto Alegre
  • LA3625: Porto Alegre – São Paulo/Guarulhos
  • LA3584: Brasília – Rio Branco
  • LA3585: Rio Branco – Brasília

Azul

A Azul tem 48 voos cancelados ao longo desta quarta-feira (30) somente no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), principal base de operação da companhia aérea e mais 16 em Confins. No entanto, a empresa afirma que todos os voos foram cancelados com antecedência, e os passageiros já foram reacomodados em outros voos da própria Azul.

"A operação da Azul segue dentro da normalidade hoje em todo Brasil. A companhia vem adotando um plano de contingência, desde semana passada, com o cancelamento programado de alguns voos, para garantir a normalidade de suas operações", afirma a empresa, em nota.

Segundo a Azul, os passageiros com voos programados até o dia 4 de junho podem solicitar a remarcação ou cancelamento da passagem sem a cobrança de taxas. Os pedidos devem ser feitos pelos seguintes telefones:

  • Capitais e regiões metropolitanas: 4003-1118
  • Outras localidades: 0800 887 1118

Gol

A Gol afirmou que não houve nenhum voo cancelado nesta quarta-feira (30). Segundo a empresa, desde que teve início a crise de abastecimento dos aeroportos causado pela greve dos caminhoneiros, 12 voos foram cancelados, o que representa 0,2% do total dos voos programados pela Gol no período.

Veja a situação dos principais aeroportos

Brasília

O aeroporto de Brasília recebeu às 18h desta quarta-feira mais quatro caminhões-tanque com 200 mil litros de querosene de aviação. Foi a quinta remessa de combustível desde domingo. Segundo a Inframerica, administradora do aeroporto, a média normal seria de 20 caminhões por dia.

O estoque atual é de 40% da capacidade de armazenamento do aeroporto. No entanto, a Inframerica afirma que a quantidade atual é suficiente para garantir as operações durante o feriado de Corpus Christi.

Até as 18h desta quarta-feira, foram registrados sete cancelamentos por reajuste na malha aérea brasileira. No total, houve 245 movimentos aéreos, entre pousos e decolagens, e seis voos apresentaram atraso.

Belo Horizonte (MG)

O aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), afirmou na manhã desta quarta-feira (30) que atingiu nas últimas horas um nível de estoque normal de querosene de aviação para o reabastecimento das aeronaves.

Apesar da melhora na situação, a BH Airport, administradora do aeroporto, afirma que continua acompanhando a situação por meio de um comitê de crise. "O plano de contingência continua ativado em parceria com as companhias aéreas para reduzir impactos às operações e aos passageiros", afirma.

Para esta quarta-feira (30), há a previsão de 16 voos cancelados. Segundo a BH Airport, todos os cancelamentos foram planejados pelas companhias aéreas, e todos os passageiros foram contactados e reacomodados em outros voos com antecedência.

Guarulhos (SP) e Galeão (RJ)

Os aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, e do Galeão, no Rio de Janeiro, são os dois únicos do Brasil que não foram afetados diretamente pela greve dos caminhoneiros. Os dois aeroportos recebem o combustível que abastece os aviões diretamente por dutos subterrâneos da Petrobras.

Os dois aeroportos esperam movimento intenso durante o feriado de Corpus Christi. No Galeão, devem ser mais de 250 mil passageiros, divididos em 1.664 voos entre esta quarta-feira e a próxima segunda-feira (4). O aeroporto de Guarulhos espera receber mais de 686 mil passageiros, também entre hoje e a próxima segunda-feira. O dia de maior movimento deve ser na segunda-feira, com 127 mil passageiros.

Fortaleza (CE)

O aeroporto de Fortaleza (CE) recebeu na noite de terça-feira (29) mais seis caminhões com combustível para o abastecimento dos aviões. A Fraport, administradora do aeroporto, afirma que o terminal segue operando nos seus níveis de reserva. A empresa afirma que o estoque atual permite o funcionamento normal das operações até o início da tarde de sexta-feira (1º).

Porto Alegre (RS)

O aeroporto de Porto Alegre recebeu mais 13 caminhões de combustível na tarde desta quarta-feira. Com o novo carregamento, o aeroporto deixa de operar com níveis de reserva de querosene de aviação. A Fraport, administradora do terminal, afirma que o estoque atual é suficiente para manter as operações do aeroporto até o final da manhã de sábado (2).

Florianópolis (SC)

O aeroporto de Florianópolis recebeu nesta quarta-feira (30) um novo carregamento de combustível. O nível atual de querosene de aviação permite manter a operação regular do terminal até sexta-feira. Segundo a Floripa Airport, administradora do aeroporto, há quatro cancelamentos previstos entre esta quarta-feira (30) e quinta-feira (31), todos da Azul.

"A Azul já havia informado este cancelamento na segunda-feira. Os passageiros destes voos estão sendo contatados diretamente pela companhia aérea", afirma.

Veja dicas para economizar combustível no seu carro

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos