PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Descomplique

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

4 lições do homem mais rico da Babilônia

Getty Images
Imagem: Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

02/11/2021 04h00

Um dos primeiros passos de quem quer começar a cuidar das finanças pessoais costuma ser a leitura. Livros de finanças e de mentalidade estão sempre no topo de listas dos exemplares mais vendidos.

Um dos mais queridos e conhecidos é O Homem mais rico da Babilônia, de George S. Clason. Sua primeira publicação é de 1926 e, apesar de quase centenária, essa coletânea de parábolas é muito atual e traz as maiores lições para quem quer cuidar melhor do dinheiro. Separei 4 pontos muito importantes desse livro que vão mudar a sua vida.

Pague-se primeiro

Toda vez que você receber seu salário, uma bonificação, um valor inesperado ou qualquer quantia que seja, separe 10% para pagar a pessoa mais importante do mundo: você. Antes mesmo de pagar qualquer conta, banco, cartão, internet, energia elétrica etc., pague a si mesmo.

Dessa maneira, você conseguirá garantir que terá dinheiro para a sua vida, suas necessidades e seu futuro. Se ficar esperando o final do mês para ver o que pode sobrar e aí então guardar esse dinheiro, infelizmente nunca irá guardar nada, pois não costuma sobrar nada. Por isso, a primeira atitude que deve ter no mês é guardar para você.

Faça com que o seu dinheiro trabalhe para você

Você trabalha por dinheiro, economiza por dinheiro, passa sufoco por dinheiro e não coloca o dinheiro para trabalhar para você? Precisa mudar essa situação agora mesmo. Depois de aprender a pagar-se primeiro, você precisa colocar essa grana para render e gerar mais dinheiro ainda.

Quando você investe, e aqui pode entrar empreender também, seu dinheiro é quem vai ser seu funcionário e não o contrário. Hoje em dia é muito fácil fazer isso, pois nas corretoras encontramos bons investimentos custando a partir de R$ 30.

Invista o seu dinheiro no que você conhece

Não siga dicas, não vá atrás do que desconhece. Foque sempre em investimentos e negócios com os quais tem familiaridade e entende. É muito fácil se dar mal quando não sabemos onde estamos nos metendo.

Conhecendo sobre o negócio você saberá os riscos, as dificuldades e vai conseguir sair muito melhor quando ocorrer alguma situação mais complicada. Se desconhece o setor, o negócio e suas dores, desespero e nervosismo vão fazer você tomar as piores escolhas possíveis e perder mais dinheiro ainda.

Não se iluda com ganhos milagrosos e rápidos

1% ao dia, 30% ao mês, 150% ao ano? esses valores absurdamente altos indicam uma coisa: falcatrua. Não existe investimento sério que pague tão alto assim. Muitos usam valores exorbitantes para chamar atenção e extorquir leigos. Acredito que grande parte da população gostaria de ser rica e prometer isso de forma rápida faz com que muitos fiquem com os olhos brilhando com supostas oportunidades.

No mercado financeiro, não podemos prometer nenhum tipo de ganho, pois o mercado é volátil e muda constantemente. Se tiver promessas de ganhos ou taxas muito altas, fique ligado, pois a chance de ser um golpe é grande. Para você entender, nossa Taxa Selic hoje está em 7.75% ao ano, o que dá 0,64% ao mês. Cuidado com o que parece ser bom demais para ser verdade.

Já leu esse livro? Quais foram as maiores lições que tirou dele?

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL