Bolsas

Câmbio

Vale cai quase 6% e puxa 3ª queda da Bolsa; Gerdau tomba 11% e Oi perde 19%

Do UOL, em São Paulo

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quinta-feira (25) com queda de 0,47%, a 41.887,9 pontos. Essa é a terceira baixa seguida do índice. Na véspera, a Bolsa havia caído 1,03%.

No mês, o índice acumula valorização de 3,67%. No ano, porém, tem queda de 3,37%.

A queda do Ibovespa foi puxada, principalmente, pelo desempenho negativo da mineradora Vale, que tem grande peso sobre o índice. (leia mais abaixo).

Dólar cai 0,17%, a R$ 3,95

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em queda de 0,17%, cotado a R$ 3,95 na venda, na segunda baixa seguida.

Vale tomba quase 6% após prejuízo recorde

As ações ordinárias da Vale (VALE3), com direito a voto em assembleia, tombaram 5,89%, a R$ 11,02, e as preferenciais (VALE5), que dão prioridade na distribuição de dividendos, perderam 5,23%, a R$ 8,15.

Pela manhã, a mineradora informou que encerrou 2015 com prejuízo líquido de R$ 44,213 bilhões. De acordo com levantamento da consultoria Economatica, foi o maior prejuízo já registrado por uma empresa brasileira com ações na Bolsa desde 1986, quando começou o levantamento.

Gerdau perde quase 11%

Abaladas pela nova fase da Operação Zelotes da Polícia Federal, as ações do grupo siderúrgico Gerdau despencaram nesta sessão. Os papéis da Gerdau Metalúrgica (GOAU4) recuaram 10,85%, a R$ 1,15, e os do grupo Gerdau (GGBR4) caíram 4,77%, a R$ 3,59.

A empresa é suspeita de ter tentado sonegar até R$ 1,5 bilhão pagando propina a integrantes do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), órgão ligado ao Ministério da Fazenda.

Em depoimento à PF nesta tarde, o presidente do grupo, André Gerdau, negou envolvimento em atos de corrupção.

Oi despenca mais de 19%

A maior baixa do dia do Ibovespa, no entanto, foi da operadora de telefonia Oi. As ações ordinárias da companhia (OIBR3) despencaram 19,31%, a R$ 1,63, enquanto as preferenciais (OIBR4) se desvalorizaram 16,57%, a R$ 1,41.

Pela manhã, a concorrente TIM informou que desistiu de uma possível fusão com a Oi. Após o anúncio, o grupo russo LetterOne, que tinha intenção de investir na união das duas empresas, disse ter desistido de apoiar o negócio também.

Petrobras tem sobe-e-desce

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3) encerraram a sessão com baixa de 0,71%, a R$ 6,98. No sentido oposto, os papéis preferenciais (PETR4) subiram 0,41%, a R$ 4,89.

Foi aprovado no Senado o projeto que desobriga a petroleira de ser a única operadora e de ter participação mínima de 30% nos consórcios para exploração do pré-sal.

Bolsas internacionais

As principais Bolsas de Valores da Europa fecharam em alta acentuada.

  • Espanha: +2,52%;
  • Inglaterra: +2,48%;
  • Itália: +2,30%;
  • França: +2,24%;
  • Alemanha: +1,79%;
  • Portugal: +1,55

As Bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem tendência definida; a Bolsa da China tombou 6,4%, maior queda diária em um mês.

  • Japão: +1,41%;
  • Taiwan: +1%;
  • Coreia do Sul: +0,32%;
  • Austrália: +0,13%;
  • Cingapura: -0,63%;
  • Hong Kong:-1,58%;
  • China: -6,4%

(Com Reuters) 

 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos