Topo

Cotações


Cotações

Petrobras sobe 3% e puxa ganhos de 1,39% da Bolsa; dólar cai a R$ 3,93

Do UOL, em São Paulo

2019-04-18T17:06:23

2019-04-18T17:51:52

18/04/2019 17h06Atualizada em 18/04/2019 17h51

As ações da Petrobras subiram 3% e puxaram os ganhos do Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira. O índice fechou em alta de 1,39%, a 94.578,26 pontos, na maior alta em duas semanas, desde 4 de abril (1,93%). Com o resultado, a Bolsa termina a semana com ganhos acumulados de 1,83%. O mercado não opera amanhã devido ao feriado da Sexta-Feira Santa.

O dólar comercial fechou em leve queda de 0,11% hoje, a R$ 3,93 na venda, após duas altas seguidas. Apesar do recuo, a moeda norte-americana encerrou a semana com valorização acumulada de 1,04%, o segundo avanço semanal seguido.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Petrobras sobe 3,18% após aumento do diesel

As ações da Petrobras subiram 3,18%, a R$ 27,60, após a petroleira anunciar um aumento no preço do diesel ontem à noite. É o primeiro aumento desde a intervenção do presidente Jair Bolsonaro para barrar um reajuste, na semana passada.

Ontem, menos de uma semana após o veto, a Petrobras anunciou um aumento de 4,84% no preço do diesel nas refinarias, abaixo dos 5,7% anunciados anteriormente.

Ao anunciar o reajuste, o presidente da Petrobras defendeu a política de preços para os combustíveis da estatal. "Nós continuamos a observar rigorosamente preços alinhados com o preço internacional. Nossa política é essa e vai continuar a ser", afirmou Roberto Castello Branco.

Na semana passada, o cancelamento levantou preocupações no mercado sobre possíveis intervenções do governo na política de preços da Petrobras. As ações da empresa caíram mais de 8% na sexta-feira (12), e a estatal perdeu R$ 32,4 bilhões em valor de mercado num só dia.

Bancos e Vale sobem

Também fecharam em alta as ações do Banco do Brasil (3,5%), do Itaú Unibanco (1,36%), do Bradesco (1,37%) e da Vale (0,63%). Essas empresas, junto com a Petrobras, têm grande peso sobre o Ibovespa.

Gol dispara 8,58%

Os papéis da companhia aérea Gol lideraram os ganhos do dia, com valorização de 8,58%, após sua rival Azul desistir de disputar os ativos da Avianca Brasil, que está em recuperação judicial.

Votação da Previdência adiada

O mercado ainda foi afetado por impasses que travaram o avanço da reforma da Previdência no Congresso ontem. A sessão em que estava prevista a votação do texto da Previdência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara acabou sendo adiada por decisão do presidente da comissão, Felipe Francischini (PSL-PR).

O adiamento ocorreu após os governistas encontrarem dificuldades para conseguir apoio para o parecer do relator, delegado Marcelo Freitas (PSL-MG). O governo agora negocia para retirar pontos da reforma e garantir sua aprovação.

A nova data prevista para a votação é terça-feira (23).

(Com Reuters)

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Mais Cotações