PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Cotações

Bitcoin ultrapassa os US$ 65 mil e alcança maior valor da história da moeda

É a primeira vez que o bitcoin ultrapassa a cotação de US$ 65 mil - Getty Images
É a primeira vez que o bitcoin ultrapassa a cotação de US$ 65 mil Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/10/2021 12h11Atualizada em 20/10/2021 16h19

A criptomoeda Bitcoin alcançou hoje a marca dos US$ 65 mil, o maior valor que a moeda já registrou desde que foi criada, no fim da década de 2000.

Por volta de 12h (horário de Brasília) de hoje, 1 bitcoin equivalia a pouco menos de US$ 67 mil. É a primeira vez que o criptoativo ultrapassa a cotação de US$ 65 mil — em abril, havia chegado a algo próximo disso, a US$ 64,8 mil.

A recente disparada no preço do bitcoin — na semana passada, a moeda ainda operava abaixo de US$ 60 mil — se deve, sobretudo, ao fato de haver entusiasmo com o fato de a moeda poder, agora, operar como um fundo negociado em bolsa de valores nos Estados Unidos.

O primeiro fundo de investimento indexado em bitcoin, prática já existente em países da Ásia, no Canadá e até mesmo no Brasil, estreou ontem na bolsa de Nova York, nos EUA.

O ProShares Bitcoin Strategy ETF (BITO), nome completo do fundo, cuja evolução está atrelada diretamente às variações do bitcoin, fechou em alta de 4,95% ontem, a US$ 41,98 por título.

O recorde é mais um registro de como 2021 tem marcado a história do bitcoin: um ano com forte alta no primeiro semestre, impulsionada pela Tesla, e o fato de o criptoativo ter se tornado moeda oficial em El Salvador, mas que também teve pressões regulatórias na China.

PUBLICIDADE

Cotações